Herpes Genital

publicidade

A herpes genital é uma doença sexualmente transmissível, causada pelo vírus herpes simplex, que leva ao surgimento de pequenas bolhas ou feridas nos órgãos genitais que causam dor ou coceira.

Normalmente, a herpes genital pega através do sexo vaginal, anal ou oral e é mais frequente em adolescentes e adultos com idade entre os 14 e os 49 anos, devido à realização de contato íntimo sem preservativo.

A herpes genital não tem cura definitiva porque o vírus da herpes não pode ser eliminado do organismo, no entanto, é possível controlar a doença sempre que ela se manifestar, com o uso de antivirais.

Fotos da herpes genital

Como tratar a herpes genital

O tratamento para herpes genital deve ser orientado por um ginecologista, no caso da mulher, ou por um urologista, no caso do homem, mas normalmente é feito com a ingestão de remédios antivirais, Aciclovir ou Valaciclovir, 2 vezes por dia.

Além disso, o médico também pode receitar o uso de uma pomada antiviral, como aciclovir pomada, que deve ser aplicada a cada 4 horas após lavar a região com água morna e sabão.

Durante o tratamento para herpes genital é aconselhado evitar o contato íntimo ou cobrir as lesões com o preservativo, prevenindo o contágio do parceiro.

Sintomas da herpes genital

Os sintomas da herpes genital podem incluir:

  • Pequenas feridas cor-de-rosa no genital que se rompem após cerca de 2 dias, soltando um líquido transparente;
  • Dor no local ou coceira intensa;
  • Dor ou dificuldade para urinar;
  • Cansaço excessivo;
  • Dor de cabeça.

Os sintomas da herpes genital podem demorar entre 2 a 10 dias para surgir após o contato íntimo e, geralmente, surgem no ânus, genitais ou virilhas.

Se apresentar estes sinais e sintomas é importante marcar uma consulta com um ginecologista ou urologista, para fazer o diagnóstico da herpes genital através da observação das lesões e de exames, como uma raspagem local para identificação do vírus.

Herpes genital na gravidez

A herpes genital na gravidez não prejudica o desenvolvimento do bebê, no entanto, se a mulher optar por um parto normal, o bebê poderá ser infectado com o vírus e desenvolver a doença. Assim, é importante fazer o tratamento da herpes genital durante a gravidez para evitar a transmissão para o bebê.

Saiba mais sobre a Herpes genital na gravidez.

Como se pega a herpes genital

A transmissão da herpes genital pode acontecer através do:

  • Contato direto com a ferida da herpes genital ou labial de outro indivíduo, durante o contato íntimo, por exemplo;
  • Parto normal, se durante o trabalho de parto a mulher apresentar as feridas da herpes.

Devido à possibilidade de transmissão da herpes pelo contato íntimo, recomenda-se o uso do preservativo em todas as relações.

Descubra outras formas de tratar a herpes genital

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade