Herpes Zóster

publicidade

A herpes zóster, conhecida popularmente como Cobreiro ou Zona, é uma doença infeciosa causada pela reativação do vírus da catapora que, geralmente, só se manifesta uma única vez, mas que pode voltar a surgir durante a idade adulta provocando bolhas vermelhas na pele em qualquer parte do corpo.

Geralmente, o cobreiro afeta pacientes com sistema imune enfraquecido devido a doenças autoimunes, como AIDS ou Lúpus, mas também pode surgir em idosos ou adultos saudáveis com excesso de estresse ou a recuperar de uma gripe, por exemplo.

A herpes zóster não tem cura porque o vírus fica adormecido no organismo, podendo surgir novamente, porém, existe tratamento com anti-virais e outros remédios para aliviar os sintomas e eliminar as bolhas.

Fotos da herpes zóster

Como tratar a herpes zóster

O tratamento para herpes zóster deve ser orientado por um dermatologista, mas, normalmente, é utilizado um remédio anti-viral, como Aciclovir (Zovirax), por cerca de 14 dias, para eliminar as bolhas e a coceira.

Além disso, durante o tratamento para cobreiro são recomendados alguns cuidados como:

  • Lavar diariamente a região afetada com água morna e sabão neutro sem esfregar, secando bem para evitar o desenvolvimento de bactérias na pele;
  • Utilizar roupa confortável, pouco apertada e de algodão para permitir que a pele respire;
  • Colocar uma compressa fria de camomila sobre a região afetada para aliviar a coceira;
  • Não aplicar pomadas ou cremes sobre as bolhas, evitando que a pele fique irritada.

Em alguns casos, o médico também pode receitar o uso de analgésicos, como Paracetamol ou Ibuprofeno para reduzir a dor.

Já nos casos mais graves, em que surge neuralgia pós-herpética, o dermatologista pode recomendar o uso de analgésicos mais fortes, como Tramadol, para aliviar a dor crônica.

Herpes zóster é contagiosa?

A herpes zóster não pega, pois, geralmente o sistema imune é capaz de combater o vírus sem produzir sintomas, no entanto, a transmissão da herpes zóster pode acontecer especialmente no caso de indivíduos que nunca tiveram catapora e, por isso, deve-se evitar o contato com as bolhas da herpes.

Porém, existe uma vacina contra catapora que pode ser tomada após 1 anos de idade e que reduz as chances de pegar cobreiro durante a idade adulta.

Sintomas da herpes zóster

Os sintomas iniciais da herpes zóster podem ser:

  • Coceira no local afetado;
  • Dor, formigamento ou queimação na região afetada;
  • Febre entre 37 e 38ºC;
  • Dor de cabeça.

Após cerca de 2 a 4 dias surgem os sintomas típicos da herpes zóster que incluem o surgimento de bolhas e vermelhidão apenas num lado do corpo e numa pequena área de pele.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade