Gravidez de risco

publicidade

Uma gravidez é considerada de risco quando após exames médicos o obstetra verifica que existe alguma probabilidade de ocorrer a doença ou morte da mãe ou do bebê durante a gravidez ou na hora do parto.

Quando é diagnosticada a gravidez de risco é importante seguir todas as orientações médicas, pode ser necessário ficar em casa de repouso estando a maior parte do dia sentada ou deitada e em alguns casos pode mesmo ser necessário o internamento no hospital.

Sintomas de gravidez de risco

Durante a gravidez é frequente surgirem sintomas que provocam desconforto na mulher grávida como náuseas, enjoo, dificuldade em digerir os alimentos, prisão de ventre, dores nas costas, câimbras ou ir muitas vezes ao banheiro, por exemplo. Mas existem outros sintomas que podem indicar uma gravidez de risco como:

  • Sangramento pela vagina,
  • Contrações uterinas antes do tempo,
  • Verter fluído amniótico antes do tempo,
  • Não sentir o bebê se mexendo mais de um dia,
  • Vômitos e náuseas frequentes,
  • Tonturas e desmaios frequentes,
  • Dores ao urinar,
  • Inchaço repentino do corpo,
  • Aceleração repentina dos batimentos cardíacos,
  • Dificuldades em caminhar.

Quando se sente algum desses sintomas é recomendado consultar o médico o mais rapidamente possível.

Cuidados a ter na gravidez de risco

Os cuidados a ter na gravidez de risco envolvem repouso, alimentação equilibrada, ingerir os remédios e as orientações que o médico indicar. 

Saiba mais sobre a alimentação na gravidez em: Alimentação na gravidez.

Esses cuidados variam também com a causa da gravidez de risco que não é sempre a mesma. A gravidez de risco é mais frequente em situações como idade materna maior que 35 anos ou menor que 15 anos, altura materna inferior a 1,45 m, peso pré-gestacional elevado, anormalidades estruturais nos órgãos reprodutivos, dependência de drogas, fumar e beber álcool durante a gravidez, esforços físicos elevados, exposição a agentes químicos ou biológicos prejudiciais e até mesmo excesso de estresse.

Por isso, é fundamental o acompanhamento pré-natal, saiba mais sobre o pré-natal em: Pré-natal.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 15/09/2014 Última atualização da página: 03/09/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.