Osteomielite

publicidade

A osteomielite é uma infecção no osso causada por uma bactéria, vírus ou fungo, que pode afetar crianças, mais frequentemente nos ossos das pernas ou braços, ou adultos, afetando geralmente os ossos da coluna, quadril e pés.

A osteomielite tem cura quando o tratamento é feito o mais rapidamente possível e corretamente. O tratamento pode ser feito com antibióticos para combater a infeção ou cirurgia para drenar a área afetada ou remover as partes do osso que estão infectadas.

Dependendo do tempo de desenvolvimento, a doença pode ser classificada em osteomielite aguda, quando dura cerca de 4 semanas, ou osteomielite crônica, quando se desenvolve por mais de 6 semanas.

Fotos de osteomielite

A osteomielite, geralmente, é causada por uma infecção de uma ferida ou parte do corpo que se espalha pelo sangue até ao osso, por fraturas expostas, utilização de próteses metálicas ou no pós-operatório de cirurgia aos ossos, não sendo, por isso, hereditária, ou seja, não passando de pais para filhos.

Como tratar a osteomielite

O tratamento para osteomielite pode ser feito em casa com a ingestão de antibióticos orais, como Oxacilina ou Clindamicina, por exemplo, por cerca de 4 a 6 semanas. No entanto, em alguns casos, o médico pode recomendar o internamento para o paciente receber os antibióticos pela veia, até poder iniciar o tratamento oral, que geralmente acontece por volta das 2 semanas.

Nos casos mais graves de osteomielite, pode ser utilizada cirurgia para drenar o local afetado ou retirar as partes do osso infectadas, substituindo com excertos ou próteses.

Amputação para osteomielite

A amputação para osteomielite só é feita quando ocorre morte do osso, que acontece quando o tratamento não é feito e a infecção agrava-se, impedindo a circulação de sangue dentro do osso, que acaba por morrer.

Caso a morte do osso só afete pequenas partes do osso, pode ser possível removê-las através da cirurgia, evitando uma amputação. Porém, quando uma grande área do osso morreu, a amputação é recomendada para a infecção não se espalhar.

Outras complicações da osteomielite

Além da morte do osso, podem ocorrer outras complicações da osteomielite, que ocorrem quando o tratamento não é feito, como a artrite séptica, por exemplo, em que a infecção se espalha para as articulações ou restrição de crescimento nas crianças. Saiba mais sobre a artrite séptica em: Artrite séptica.

Além disso, e embora raro, a osteomielite pode causar câncer de pele, quando a infecção óssea resultou de uma ferida aberta com pus, que afetou a pele.

Sintomas de osteomielite

Os sintomas de osteomielite incluem:

  • Dor nos ossos;
  • Febre acima de 38º;
  • Inchaço e vermelhidão do local afetado;
  • Calafrios.

O diagnóstico da osteomielite pode ser feito através de exame de sangue, raio X, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou biópsia do osso para identificar qual o microrganismo causador da infeção óssea.

Prevenção da osteomielite

A osteomielite pode ser prevenida através da adoção de alguns cuidados, como:

  • Ter cuidado para não se cortar ou machucar;
  • Em caso de ferimentos, lavar imediatamente a área da ferida e aplicar um curativo limpo;
  • Estar atento aos sinais de infecção de uma ferida, como vermelhidão, inchaço e formação de pus e, caso estejam presentes, ir imediatamente ao pronto-socorro.

Estes cuidados devem ser feitos principalmente para os indivíduos com maiores chances de desenvolver osteomielite, como diabéticos, indivíduos que fazem hemodiálise ou têm o sistema imune enfraquecido.

Link útil:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade