Candidíase

publicidade

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans que provoca o surgimento de coceira intensa, vermelhidão ou placas brancas, afetando, principalmente, a boca e os órgãos genitais de homens ou mulheres.

Normalmente, este tipo de fungos vive no organismo humano, mas o sistema imune é capaz de evitar o seu desenvolvimento. Porém, quando existe enfraquecimento das defesas corporais, como após uma gripe ou durante a gravidez, o seu crescimento pode estar facilitado, causando uma infecção.

A candidíase tem cura e o seu tratamento pode ser feito com pomadas ou remédios antifúngicos que eliminam os fungos que estão provocando a candidíase. Veja um tratamento caseiro para candidíase em: Remédio caseiro para candidíase.

Fotos de candidíase

Sintomas de Candidíase

Os sintomas da candidíase variam de acordo com o local onde surge, mas podem incluir:

  • Dor e coceira na região afetada;
  • Placas brancas e cremosas na boca;
  • Vermelhidão na pele;
  • Mau cheiro no local afetado;
  • Corrimento branco e espesso.

Os sintomas de candidíase masculina podem também provocar inchaço da glande do pênis e dor durante o contato íntimo.

A transmissão da candidíase pode acontecer por contato direto, através do contato íntimo, por exemplo, no entanto, esta é uma situação rara que só acontece quando o indivíduo tem o sistema imune enfraquecido, permitindo o desenvolvimento dos fungos.

Candidíase na gravidez

A candidíase na gravidez é um problema muito frequente, que surge devido ao aumento de corrimento vaginal, assim como enfraquecimento do sistema imune da grávida.

Normalmente, a candidíase na gravidez não provoca alterações no feto, mas a gestante deve consultar o ginecologista para iniciar o tratamento adequado e evitar que o fungo seja transmitido para o bebê durante o parto vaginal.

O tratamento para candidíase na gravidez pode ser feito com o uso de remédios, como Anfotericina ou Nistatina, sob indicação do obstetra, e a grávida deve utilizar roupas de algodão, evitar roupa íntima apertada, ter boa higiene e fazer uma alimentação equilibrada.

Como tratar a candidíase

O tratamento para candidíase deve ser orientado por um ginecologista, urologista ou dentista, mas, normalmente é feito com uso de remédios orais, pomadas antifúngicas ou dieta adaptada, de acordo com a região afetada.

Assim, os remédios para candidíase em forma de pomada, como Candicort ou Fluconazol, devem ser utilizados na candidíase genital e aplicadas 2 a 3 vezes por dia, até 14 dias, de acordo com a indicação do médico.

Além disso, durante o tratamento da candidíase é recomendado:

  • Evitar roupas íntimas que não sejam de algodão;
  • Lavar a região genital somente com água e sabonete neutro ou próprio para a região;
  • Sempre que possível, dormir sem roupas íntimas;
  • Evitar absorventes internos;
  • Manter boa higiene oral, escovando os dentes, pelo menos, 3 vezes por dia;
  • Evitar comer alimentos ricos em gordura e açúcar.

No caso da candidíase oral ou recorrente, o médico pode recomendar a ingestão de remédios orais, como Fluconazol ou Itraconazol, e uma dieta pobre em açúcares, lacticínios e carboidratos.

Saiba mais sobre candidíase em:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade