Dieta para o Fígado

publicidade

A dieta para o fígado deve ter pouca gordura e proteínas de fácil digestão, como as dos peixes. Além disso, deve-se dar preferência aos peixes magros, como a pescada, e já congelados, evitando-se os frescos, de modo a ser de mais fácil digestão.

Por outro lado, na dieta para o fígado deve-se evitar as bebidas alcoólicas, os óleos e as gorduras para não agravar os sintomas como dor abdominal, por exemplo, evitando, desta forma, a inflamação do fígado.

O que comer na dieta para o Fígado

A alimentação deve ser baseada em alimentos de fácil digestão e com muita água, como a gelatina, peixe, arroz, cenoura e geleia em substituição da manteiga ou margarina.

Em relação à forma de preparação, os alimentos devem ser, sempre que possível, cozidos. Isso porque a gordura do alimento fica na água que deve ser dispensada, e nunca se deve ingerir alimentos fritos ou muito condimentado.

O que não comer na dieta para o fígado

Fazendo uma dieta para o fígado, o mal-estar e a dor de cabeça devem passar em 3 dias e, durante este período, a ingestão de bebidas alcoólicas, mesmo em pequenas quantidades, é contraindicada.

O azeite deve ser colocado na comida à mesa, para que mantenha suas propriedades benéficas e nunca se deve usar óleo ou outra gordura para confecção das refeições.

Em geral, a indisposição causada por causa do fígado provoca diarreia e, por isso, também é importante para parar a irritação do intestino que o indivíduo coma a menor quantidade possível de fibras cruas. Então, deve-se evitar frutas cruas ou com casca, assim como cereais oleaginosos, como amendoins e outras sementes.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade