Antibiótico corta o efeito do anticoncepcional?

publicidade

Qualquer antibiótico pode cortar o efeito do anticoncepcional, devido à interação medicamentosa entre eles, podendo gerar uma gravidez indesejada. Por isso, para diminuir este risco, sempre que a mulher tomar algum antibiótico deverá ter o cuidado de usar preservativo em todas as relações, até o final do tratamento da doença em questão.

Por que o antibiótico corta o efeito do anticoncepcional?

O antibiótico pode cortar o efeito do anticoncepcional porque consegue diminuir a concentração de hormônios presentes na pílula (que circulam no sangue), tornando-a ineficaz.

Segundo os especialistas, isso ocorre porque os antibióticos destroem as bactérias intestinais responsáveis por gerar reações enzimáticas. Essas reações servem para liberar o hormônio estrogênio ativo na corrente sanguínea, o que impediria o período fértil. Entretanto, eles não sabem explicar o mecanismo que impede a ação das pílulas que só possuem o hormônio progesterona de agirem corretamente. Segundo eles, isto aconteceria nas mulheres com pré disposição para tal.

Informa-se que esta interação medicamentosa pode ocorrer com o uso de qualquer antibiótico, como amoxicilina, azitromicina e outros, quando utilizados com qualquer anticoncepcional de uso oral ou injetável, inclusive a pílula do dia seguinte, por diminuírem a sua eficácia.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 29/07/2014 Última atualização da página: 18/02/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.