Tosse com sangue

publicidade

A tosse com sangue nem sempre é sinal de um problema grave, podendo surgir apenas devido a uma pequena ferida no nariz ou na garganta que sangra ao tossir.

No entanto, a tosse com sangue, chamada cientificamente de hemoptise, também pode ser sinal de problemas de saúde mais graves, como pneumonia, tuberculose ou câncer do pulmão, especialmente em casos de sangramento excessivo ou prolongado.

Assim, é recomendado consultar um pneumologista sempre que a tosse com sangue demora mais de 3 dias para desaparecer ou quando a quantidade de sangue vai aumentando, para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado.

Causas de tosse com sangue

As causas mais frequentes de tosse sangue incluem:

  • Lesões no nariz e irritação da garganta acompanhadas de tosse violenta;
  • Bronquite, pneumonia, tuberculose ou câncer do pulmão;
  • Procedimentos médicos, como broncoscopia, biópsia aos pulmões, endoscopia ou cirurgia para remoção das amigadas, por exemplo;
  • Objeto aspirado para as vias aéreas nos casos de refluxo infantil;

Além destas causas comuns, pode surgir em outras situações, como:

  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Inflamações dos vasos sanguíneos nos pulmões;
  • Traumatismos no tórax devido a acidentes de carro, por exemplo;
  • Uso de drogas como cocaína e crack.

Além disso, doenças cardíacas como insuficiência cardíaca, estenose da válvula mitral, aneurisma da aorta e algumas doenças das vias respiratórias como endometriose pulmonar, câncer de aringe, bronquiectasia, fibrose cística, também podem provocar tosse com sangue.

O que pode ser tosse com sangue

Algumas das causas da tosse com sangue, incluem:

1. Tosse com sangue no catarro

  • O que pode ser: geralmente, não é sinal de um problema grave, pois pode ser causado por uma pequena lesão na garganta ou vias respiratórias. No entanto, caso se mantenha por muito tempo ou seja acompanhada de outros sintomas, como febre e dor no peito, pode ser sinal de tuberculose ou outras infecções pulmonares.
  • Como tratar: deve-se beber, pelo menos, 1,5 litros de água por dia para manter as mucosas do pulmão bem hidratadas, evitando o aumento de possíveis lesões, assim como tomar um remédio antitússico, sob orientação médica.

2. Tosse com sangue e falta de ar

  • O que pode ser: normalmente é sinal de problema nos pulmões, como embolismo pulmonar ou bronquiectasia, e pode ser acompanhada de dor intensa no peito. No entanto, também pode surgir em pacientes com sinusite, asma, refluxo gastroesofágico ou bronquite crônica, não sendo grave.
  • Como tratar: é necessário ir imediatamente ao pronto-socorro ou chamar uma ambulância, ligando o 192, para fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado, caso seja necessário.

3. Tosse com sangue de manhã

  • O que pode ser: pode ser sinal de infecção no pulmão, como pneumonia, e, geralmente, surge após resfriados ou uma gripe.
  • Como tratar: deve-se ir ao pronto-socorro ou consultar um pneumologista para fazer o diagnóstico do problema e iniciar o tratamento adequado.

4. Tosse com sangue e dor no estômago

  • O que pode ser: pode surgir quando o paciente tem refluxo esofágico ou úlcera de estômago
  • Como tratar: Deve ir no gastroenterologista para fazer os exames necessários e iniciar o tratamento.

Quando ir no médico

É recomendado consultar um pneumologista quando o sangramento é excessivo, dura mais de 3 dias ou é acompanhado de outros sintomas como:

  • Urina ou fezes com sangue;
  • Dor intensa no peito;
  • Tonturas;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Dificuldade para respirar.

Nestes casos, o médico pode fazer exames de diagnostico, como raio X, broncoscopia ou tomografia computadorizada para identificar a causa da tosse com sangue e iniciar o tratamento adequado.

Leia também:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade