Sintomas de Tendinite

publicidade

A tendinite é uma inflamação na estrutura que liga os músculos aos ossos, provocando dor localizada e dificuldade em movimentar o membro afetado. O tratamento da tendinite pode ser feito com uso de remédios receitados pelo médico e também com algumas sessões de fisioterapia. Além disso é importante repousar a região afetada para que o tendão tenha a possibilidade de curar.

Os sintomas gerais da tendinite são dor localizada no tendão afetado, que piora ao realizar movimentos ou alongamentos, dificuldade em realizar certos movimentos, diminuição da força e da flexibilidade e em alguns casos pode haver uma leve vermelhidão e pequeno inchaço local.

A tendinite pode ocorrer em qualquer tendão do corpo, mas ela é mais frequente no ombro, cotovelo, punho, mão, quadril, joelho e tornozelo.

Sintomas da tendinite no ombro, braço e antebraço

Os sintomas da tendinite no ombro, braço ou antebraço são:

  • Dor num ponto específico do ombro ou antebraço, que pode irradiar para o braço;
  • Dificuldade em realizar algum movimento com o braço, como levantar os braços acima da cabeça e dificuldade em segurar objetos pesados com o braço afetado
  • Fraqueza do braço e sensação de fisgadas ou cãibras no ombro.

Saiba em: Tendinite no ombro.

A tendinite no membro superior pode ser adquirida através de esforços repetitivos, como tocar instrumentos musicais por muitas horas seguidas, lavar roupa ou cozinhar, por exemplo. Os indivíduos que tem maiores chances de desenvolver uma tendinite no ombro são os atletas, músicos, telefonistas, secretárias, professores e as empregadas domésticas, por exemplo.

Sintomas de tendinite no punho e mão

Os sintomas específicos da tendinite no punho ou mão são:

  • Dor localizada no punho que piora ao realizar movimentos com a mão;
  • Dificuldade em realizar certos movimentos com o punho por causa da dor;
  • Dificuldade de segurar um copo, por exemplo, devido a fraqueza dos músculos da mão.

Saiba mais em: Tendinite na mão.

Qualquer indivíduo que tenha um trabalho onde faça esforço repetitivo com as mãos pode desenvolver uma tendinite no punho. Algumas situações que favorecem sua instalação são professores, operários, pintores e indivíduos que trabalham muito tempo com as mãos como aqueles que fazem peças de artesanato e outros trabalhos manuais.

Sintomas de tendinite no quadril

Os sintomas específicos de tendinite no quadril são:

  • Dor aguda, em forma de pontada, localizada no osso do quadril, que piora quando o indivíduo realiza qualquer movimento com o quadril como levantar-se ou sentar;
  • Dificuldade em ficar sentado ou deitado de lado, sobre o lado afetado, devido a dor;
  • Dificuldade para caminhar, sendo necessário se apoiar nas paredes ou móveis, por exemplo.

A tendinite no quadril é mais comum nos idosos devido ao desgaste natural das estruturas que formam o quadril.

Sintomas de tendinite no joelho ou tendinite patelar

Os sintomas específicos da tendinite no joelho, também chamada de tendinite patelar, são:

  • Dor na parte da frente do joelho, especialmente ao andar, correr ou saltar
  • Dificuldade em realizar movimentos como dobrar e esticar a perna, subir escadas ou sentar em uma cadeira

Saiba mais em: Tendinite no joelho.

Os indivíduos que geralmente desenvolvem a tendinite no joelho são os atletas, professores de educação física e aqueles que passam muito tempo ajoelhados como as empregadas domésticas, por exemplo.

Sintomas de tendinite no tornozelo e pé

Os sintomas específicos da tendinite no tornozelo e no pé são:

  • Dor localizada no tornozelo, principalmente ao movimentá-lo;
  • Sensação de fisgadas no pé afetado ao repouso ou enquanto caminha.

Saiba mais em:Tendinite nos tornozelos.

A tendinite no pé é mais frequente nos atletas e nas mulheres que usam salto alto frequentemente, devido a posição inadequada do pé.

Como identificar a tendinite

O médico pode identificar a tendinite através da observação da região afetada e da queixa do paciente. Nem sempre são necessários exames, mas o raio-x pode evidenciar a calcificação do tendão, que ocorre em caso de tendinite de longa data, sem o devido tratamento.

Como tratar a tendinite

O tratamento para a tendinite é feito com anti-inflamatórios receitados pelo médico, uso de bolsas de gelo de 3 a 4 vezes por dia por, aproximadamente, 20 minutos de cada vez, e fisioterapia.

Saiba mais em: Tratamento para tendinite.

A tendinite tem cura, mas para alcançá-la é muito importante deixar de realizar a atividade que a provocou ou qualquer outro esforço com o membro afetado, para dar tempo para o tendão recuperar-se. Se esta medida não for cumprida, é pouco provável que a tendinite seja completamente curada, podendo gerar uma lesão crônica chamada de tendinose, onde há um comprometimento mais grave do tendão, que pode até mesmo levar à sua ruptura.

Como prevenir a tendinite

Para prevenir a tendinite, recomenda-se evitar esforços repetitivos diariamente. Se o esforço for necessário para sua atividade laboral, recomenda-se fazer alongamentos antes e depois de iniciar a atividade profissional, beber bastante água e fortalecer o grupo muscular envolvido através da prática de exercícios físicos como a natação, por exemplo.

Quando os músculos e os tendões estão devidamente hidratados e fortalecidos, as chances de desenvolver uma tendinite são muito menores.

Veja um excelente Remédio caseiro para tendinite.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade