Pomada para Hemorroida

publicidade

Uma boa pomada para hemorroida é a Hemovirtus. Outros bons exemplos são:

  • Proctosan;
  • Ultraproct. 

Elas devem ser aplicadas conforme as orientações vindas na bula e somente utilizadas sob orientação médica.

Como usar a pomada para hemorroidas

A pomada Hemovirtus deve ser introduzida no ânus de 2 a 3 vezes por dia, por, no máximo, 3 meses. Isso porque ela pode causar irritação, se for utilizada por mais tempo. Já a Proctosan deve ser introduzida no ânus também de 2 a 3 vezes ao dia.

A Ultraproct deve ser colocada na região externa do ânus, com uma suave massagem local, de 2 a 3 vezes ao dia e após a evacuação e correta limpeza do local.

Pomada para hemorroidas na gravidez

Uma pomada indicada para o tratamento das hemorroidas na gravidez é a Ultraproct, pois não traz malefícios para o bebê. Ela deve ser utilizada de 2 a 3 vezes ao dia, com uma suave massagem no ânus, até a sua completa absorção pela pele.

Durante a gravidez, a Proctosan e a Hemovirtus são contraindicadas.

Tratamento para hemorroidas externas

Além do uso de uma das pomadas acima citadas, recomenda-se a ingestão de bastante líquidos e de alimentos fonte de fibras. O médico pode, ainda, indicar o uso de um suplemento rico em fibras, como o Benefiber, para complementar o tratamento das hemorroidas. Os banhos de assento também trazem benefícios.

Tratamento para hemorroidas internas

O tratamento para hemorroidas internas pode ser feito com o uso de supositórios de glicerina, para facilitar a eliminação das fezes, com supositórios analgésicos, anti-inflamatórios e uma alimentação rica em fibras. Como elas não costumam causar dor, não há necessidade de tomar de anti-inflamatórios ou analgésicos, embora o uso de plantas medicinais, como a Hamamélis, possa surtir algum efeito.

Links úteis:

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 10/03/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.