Menopausa

publicidade

A menopausa é caracterizada pelo fim da menstruação, por volta dos 45 anos de idade, e é marcada por sintomas como ondas de calor que surgem repentinamente e a sensação de calafrios que vêm logo a seguir. O tratamento para menopausa pode ser feito através da reposição hormonal sob indicação do ginecologista mas também pode ser feito de forma natural com o uso de fitoterápicos.

O que acontece na menopausa

O que acontece na menopausa é que o organismo deixa de produzir os hormônios estrogênio e progesterona, e isto pode gerar sintomas como ausência de menstruação, ondas de calor e irritabilidade mas nem todas as mulheres percebem estes sintomas, para algumas a menopausa pode passar quase que desapercebida sendo somente diagnosticada pelo médico através de um exame de sangue que verifica a questão hormonal.

Os sintomas da menopausa podem surgir a partir dos 35 anos de idade e tendem a se intensificar a partir desta idade. A idade da menopausa varia entre os 40 e 52 anos. Quando ela ocorre antes dos 40 é chamada de menopausa precoce e quando ocorre depois dos 52 anos, menopausa tardia. 

Algumas alterações que acontecem na menopausa são:

  • Cérebro: alterações de humor e da memória, irritabilidade, depressão, ansiedade, dor de cabeça e enxaqueca;
  • Pele: aumento da sensibilidade ao calor, vermelhidão, acne e pele seca;
  • Mamas: aumento da sensibilidade da mama e caroços;
  • Articulações: Diminuição da mobilidade articular, rigidez;
  • Sistema digestivo: Tendência a prisão de ventre;
  • Músculos: cansaço, dor nas costas, diminuição da força muscular;
  • Ossos: Perda da densidade óssea;
  • Sistema urinário: secura vaginal, enfraquecimento dos músculos que suportam o reto, útero e bexiga, tendência a desenvolver infecções urinárias e vaginais;
  • Fluidos corporais: retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.

O que se pode fazer para diminuir os incômodos da menopausa é fazer a reposição hormonal sob orientação médica, mas para melhorar a qualidade de vida a mulher poderá seguir algumas orientações como alimentar-se corretamente, praticar exercícios regularmente e cuidar da sua aparência física.

Sintomas da menopausa

Os sintomas da menopausa geralmente incluem:

  • Menstruação irregular, até que a mulher fique no mínimo 12 meses sem menstruar;
  • Ausência da menstruação;
  • Ondas de calor que surgem de repente, mesmo se a mulher estiver num local com ar condicionado;
  • Suor frio que ocorre logo depois desta onda de calor;
  • Secura vaginal que dificulta o contato íntimo;
  • Mudanças bruscas de humor;
  • Ansiedade e nervosismo mesmo sem causa aparente;
  • Insônia ou dificuldade para dormir;
  • Aumento do peso e facilidade em acumular gordura no abdômen;
  • Osteoporose;
  • Depressão;
  • Sensação de formigamento ou perda da sensibilidade em alguma parte do corpo;
  • Dor nos músculos;
  • Dor de cabeça frequente;
  • Palpitação cardíaca;
  • Zumbido nos ouvidos.

O diagnóstico da menopausa é baseado nos sintomas que a mulher relata para o médico, mas em caso de dúvida, pode-se confirmar o declínio hormonal através de um exame de sangue. A severidade dos sintomas pode ser avaliada pela tabela abaixo:

SintomaLeveModeradaGrave
Onda de calor4812
Parestesia246
Insônia246
Nervosismo246
Depressão123
Cansaço123
Dor nos músculos123
Dor de cabeça123
Palpitação cardíaca246
Zumbido no ouvido123
Total173451

De acordo com esta tabela a menopausa pode ser classificada como sendo:

  • Menopausa leve: se a soma destes valores for até 19;
  • Menopausa moderada: se a soma destes valores estiver entre 20 e 35
  • Menopausa grave: se a soma destes valores estiver acima de 35.

Dependendo do desconforto que a mulher apresentar ela poderá realizar um tratamento para diminuir estes sintomas, mas existem mulheres que apresentam pouco desconforto e por isso conseguem atravessar esta fase sem medicamentos.

Tratamento para menopausa

O tratamento para a menopausa pode ser direcionado para eliminar a causa ou somente os sintomas da menopausa. A terapia de reposição hormonal é geralmente indicada pelos médicos e consiste na toma de hormônios sintéticos por um determinado período de tempo. No entanto a reposição hormonal é contraindicada em caso de:

  • câncer de mama,
  • trombose ou problemas circulatórios,
  • histórico de infarto ou derrame cerebral;
  • doenças no fígado como cirrose hepática, por exemplo.

Tratamento natural para menopausa

Algumas orientações úteis para o tratamento natural para menopausa são:

  • Tomar suplementos de soja, lecitina da soja ou isoflavona de soja para combater as ondas de calor;
  • Tomar um banho, colocar os pulsos em água corrente fria ou tomar uma bebida gelada para suportar as ondas de calor;
  • Consumir uma planta medicinal chamada Cohosh negro (Cimicifuga Racemosa) para diminuir a secura vaginal, além de aplicar um gel lubrificante antes de cada relação;
  • Consumir regularmente o chá de uva-urisnha para combater infecções na urinárias.

Tomar uma xícara de café forte sem açúcar para combater a dor de cabeça sempre que ela aparece é uma boa opção para evitar a toma de medicamentos.

Além destas opções existe a possibilidade da mulher seguir o tratamento homeopático para menopausa com o uso de Lachesis muta, Sépia, Glonoinum, Amil nitrosum, sanguinária ou Cimicifuga, sob orientação do médico homeopata. Ou recorrer ao tratamento fitoterápico para menopausa com o uso de tintura de amora isoflavona de soja ou cimicifuga racemosa (Black Cohosh), sob orientação do médico fitoterapeuta.

Informa-se que quem toma os medicamentos hormonais receitados pelo médico não deve usar estes medicamentos ao mesmo tempo.

Remédio para menopausa

Alguns exemplos de remédios para menopausa são:

  • Estradiol e Didrogesterona (Femoston);
  • Valerato de estradiol e acetato de ciproterona (Climene);
  • Venlafaxina (Efexor);
  • Gabapentina (Neurotin);
  • Calmantes naturais como passiflora, valeriana e hipericão;
  • Brisdellee.

O ginecologista poderá indicar os remédios mais indicados dependendo dos sintomas que a mulher apresenta, e por isso o tratamento da menopausa pode ser diferente de uma mulher para outra.

Alimentação na menopausa

A alimentação na menopausa também pode ajudar a aliviar os sintomas típicos desta fase, por isso é indicado:

  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em cálcio como leite e seus derivados, sardinha e soja para ajudar a fortalecer os ossos;
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina E como óleo de gérmen de trigo e legumes de folha verde;
  • Dar preferência a: frutas cítricas, cereais integrais, peixes. A suplementação com semente de linhaça pode ser indicada para melhorar o transito intestinal e controlar o colesterol.
  • Evitar: pratos condimentados, alimentos ácidos, café e bebidas alcoólicas, alimentos com alto teor de açúcar e gorduras, como os industrializados, além das carnes e lacticínios gordos.

Após o início da menopausa a mulher tem uma maior tendência para engordar porque o metabolismo torna-se mais lento e para evitar este aumento de peso é indicado diminuir a ingestão diária de calorias dando preferência ao consumo de alimentos light.

Como evitar e tratar a pele seca na menopausa

Algumas dicas úteis para evitar e tratar a pele seca na menopausa são:

  • Hidratar a pele diariamente utilizando cremes para o corpo e cremes para o rosto;
  • Usar sabonete líquido ou com hidratante;
  • Evitar a exposição solar principalmente nos horários mais quentes do dia;
  • Usar protetor solar sempre que sair de casa;
  • Beber cerca de 2 litros de água por dia;
  • Tomar um suplemento de vitamina E.

Para que a mulher encontre o bem-estar na menopausa além de contornar os sintomas causados pela queda hormonal. Ela poderá recorrer a tratamentos de beleza como aplicação de botox, peeling químico, lifting facial, tratamento a laser para varizes ou lipoaspiração, dependendo da necessidade.

Exercícios na menopausa

A prática regular de exercícios na menopausa ajuda a manter o peso sob controle e a fortalecer os ossos. Alguns exemplos de exercícios indicados para esta fase são: hidroginástica, ioga e Pilates pois eles provocam menor sudorese e favorece o controle da respiração, o que também pode combater o estresse. Para melhorar o humor fazer exercícios no início da manhã sob a luz do sol é o mais indicado.

O indicado é realizar pelo menos 30 minutos de exercícios diariamente pois isto também ajuda a tonificar os músculos, evitando assim a diminuição da massa muscular e a consequente troca por gordura.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 23/07/2014 Última atualização da página: 02/01/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.