Filariose

publicidade

Filaríose também conhecida como elefantíase é uma doença infecciosa, causada por um parasita de nome científico Wuchereria bancrofti. O parasita bloqueia os vasos linfáticos afetando a circulação do indivíduo. O membro infectado fica extremamente inchado, as pernas, por exemplo, quando são afetadas são comparadas com as patas de um elefante.

A Filariose ocorre através da picada de um mosquito infectado, que transmite as larvas do parasita para o ser humano. Indivíduos de todas as idades podem ser infectados.

Sintomas da Filariose

Febre elevada, dor de cabeça, urticária, intolerância a luz, dores musculares, zonas do corpo afetado extremamente dilatadas, tecido afetado áspero e grosso, ulcerações, inflamação dos vasos linfáticos, mal-estar e gordura na urina.

Formas de Filariose

  • Filariose das Pernas: A infecção tem início no dorso do pé e chega até ao joelho. A pele tem aspecto espessado, com ulcerações e inchaços que lembram a pata de um elefante.
  • Filariose do testículo e do Pênis: É uma forma comum de filariose, que se caracteriza pelo aumento exagerado desses órgãos.
  • Filariose dos Braços, Mamas ou Vulva: A infecção desses órgãos é rara, porém quando acontecem desenvolvem características semelhantes a da filariose das pernas.

Diagnóstico da Filariose

O diagnóstico pode ser feito através da observação clínica dos sintomas, através de exames de sangue, fluídos corporais ou tecidos infectados que detectam a presença de larvas do parasita.

Geralmente o diagnóstico de filariose é tardio por que é uma doença que evolui lentamente ao longo dos anos.

Tratamento para Filariose

Os indivíduos são tratados através de orientações higiênico-dietéticas e de medicamentos anti-parasitas como o dietilcarbamazina. 

Em casos específicos em que o tratamento medicamentoso não é eficaz, é necessário uma intervenção cirúrgica reparadora.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 15/09/2014 Última atualização da página: 14/02/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.