Clamídia - Sintomas, Transmissão e Cura

A clamídia é uma DST, doença sexualmente transmissível, causada pela bactéria Chlamydia trachomatis, que pode ou não gerar sintomas. Seu tratamento é feito com o uso de antibióticos e quando não é devidamente tratada pode levar a sérias complicações, como a infertilidade, por exemplo.

Para identificar esta doença pode-se observar os sintomas apresentados e comprovar a presença de anticorpos contra o agente causador da doença na corrente sanguínea, na urina ou através do exame papanicolau.

Clamídia - Sintomas, Transmissão e Cura

Sintomas da clamídia

Cerca de 80% das mulheres que possuem clamídia não apresentam nenhum sintoma. No entanto, estes podem ser:

  • Pequeno corrimento vaginal amarelo e espesso;
  • Dor abdominal;
  • Queimação ao urinar;
  • Dor durante o contato íntimo;
  • Perda de sangue entre os períodos menstruais.

Confira mais detalhes dos Sintomas de clamídia no homem e na mulher.

Nos homens os sintomas da clamídia incluem ardor ao urinar e inchaço dos testículos, no entanto estes sintomas também podem ser causados por Mycoplasma genitalium.

O diagnóstico dessa doença só pode ser feito através da realização de exames como papanicolau, exame de sangue que identifica o anticorpo contra a clamídia.

Transmissão da clamídia

A única forma de transmissão da clamídia é através do contato íntimo sem camisinha com a pessoa infectada. No entanto, existem alguns fatores que podem facilitar a instalação dessa doença como por exemplo usar duches vaginais, ter mais de 1 parceiro sexual e não usar camisinha em todas as relações sexuais.

Como curar a clamídia

O tratamento para curar a clamídia é feito com o uso de antibióticos, como a Azitromicina (dose única) ou Doxiciclina durante 7 dias, ou de acordo com o critério médico.

Com o tratamento adequado é possível erradicar completamente o micro-organismo, mas se as complicações como a doença inflamatória pélvica ou a infertilidade já estiverem instaladas, elas podem ser permanente. Entenda como isso pode acontecer aqui.

Saiba os remédios indicados para o tratamento, os cuidados necessários, sinais de melhora e possíveis complicações da doença em: Tratamento para clamídia.

Como a clamídia afeta a gravidez

A infecção por Clamídia durante a gravidez pode levar ao parto prematuro, baixo peso ao nascer, morte do feto e endometrite após o nascimento do bebê. Como esta doença pode passar para o bebê durante o parto normal é importante realizar exames que possam diagnosticar essa doença durante o pré-natal e seguir o tratamento indicado pelo obstetra.

O bebê afetado durante o parto pode ter complicações como conjuntivite ou pneumonia por clamídia e estas doenças também podem ser tratadas com antibióticos indicados pelo pediatra.

Mais sobre este assunto: