Sintomas de esporão no calcanhar

PUBLICIDADE

O esporão no calcanhar consiste em um acúmulo excessivo de cálcio debaixo do pé, que provoca o desenvolvimento de uma pequena saliência de osso que pode causar a inflamação da fáscia plantar, resultando em dor intensa.

Assim, embora o esporão não provoque qualquer tipo de sintoma, pode-se suspeitar desse diagnóstico quando a fáscia plantar está inflamada, isto é, quando surge uma dor intensa de baixo do pé, em forma de pontada, que piora quando se caminha, corre ou salta por exemplo, voltando a desaparecer depois de estar algum tempo em repouso.

A dor provocada pelo esporão no calcanhar pode ser aliviada através de tratamentos simples, que incluem o uso de palmilhas ortopédicas ou alongamentos do pé, ou com tratamentos mais complexos, como cirurgia para remover o esporão.

Sintomas de esporão no calcanhar
Sintomas de esporão no calcanhar

O que fazer em caso de esporão no calcanhar

O que se deve fazer em caso de dor provocada por um esporão no calcanhar é repousar o pé para aliviar a inflamação da fáscia plantar. Porém, caso a dor se mantenha por mais de 15 minutos, outra boa dica é colocar uma compressa gelada no calcanhar, pois vai ajudar a reduzir rapidamente a inflamaçao da fáscia, aliviando a dor.

No entanto, é recomendado consultar um ortopedista para avaliar o problema e selecionar uma forma de tratamento, que pode ser feita com uso de palmilhas, alongamentos diários do pé ou cirurgia para remover o esporão.

Veja todos os tratamentos disponíveis e quando fazer em: Tratamento para esporão do calcanhar.

Causas do esporão no calcanhar

O esporão no calcanhar surge devido ao acúmulo de cálcio debaixo do pé ao longo de vários meses, que pode acontecer devido ao excesso de pressão sobre o mesmo local ou devido a lesões repetitivas nos músculos, ligamentos ou fáscia plantar. Assim, o esporão é mais comum em atletas que fazem atividades que incluam correr muito ou saltar constantemente, por exemplo.

No entanto, outros fatores de risco incluem:

  • Ter uma deformidade do pé;
  • Correr ou caminhar em superfícies muito duras;
  • Utilizar sapatos inapropriados;
  • Ter excesso de peso.

Estes fatores de risco aumentam a quantidade de pressão sobre o calcanhar e, por isso, podem levar a lesões que facilitam a acúmulo de cálcio e, consequente, desenvolvimento de um esporão no pé.

Diagnóstico do esporão de calcâneo

O esporão de calcâneo pode ser diagnosticado através de um exame físico, mas o raio X ajuda a confirmar o diagnóstico, embora este exame possa, por vezes, não detectar esporões recém-formados.

Se tem dor no pé, mas não é um esporão, veja como aliviar em:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE