Consequências do Bullying

publicidade

O bullying pode levar a consequências graves para a criança ou adolescente, como provocar insucesso escolar ou desenvolver ataques de pânico por exemplo, que podem prejudicar o desenvolvimento físico e mental da criança.

O bullying, que é um ato de violência física e psicológica feita constantemente de forma intencional por uma criança ou adolescente a outro mais frágil, pode levar a consequências como:

  • Desinteresse pela escola, provocando baixo desempenho escolar, resultando em notas baixas e vermelhas;
  • Isolamento social;
  • Ataques de pânico e ansiedade, devido ao estresse constante;
  • Comportamentos violentos consigo, com os outros e com o ambiente.

A criança ou adolescente que sofre de bullying chora constantemente por raiva e tristeza, sendo que no seu dia-a-dia, manifesta sentimentos de medo, insegurança e angústia, desvalorizando suas qualidades.

Além disso, as alterações psicológicas que a criança vitima de bullying sofre, pode levar a alterações físicas, como dificuldade em dormir, distúrbios na alimentação e até levar ao consumo de álcool e drogas.

Consequências do bullying no futuro

Além das consequências imediatas do bullying, a criança que é vitima pode desenvolver problemas para a vida, como:

  • Dificuldade em relacionar-se com pessoas, provocando estresse no trabalho;
  • Pouca capacidade para manter um relacionamento amoroso;
  • Pouca rentabilidade no trabalho devido a falta de confiança e baixa auto-estima;
  • Dificuldades na tomada de decisões da vida;
  • Tendência para depressão.

No entanto, nem toda a criança ou adolescente que sofre de bullying na infância ou adolescência desenvolve estas consequências em adulto, dependendo do seu estado emocional ou ajudas durante o período em que foi vítima de bullying.

Leia mais em: Sinais de que meu filho sofre bullying.

publicidade
publicidade