5 Causas comuns de Barriga Inchada

Quando a causa da barriga inchada for causada por alguma doença, outros sintomas devem estar associados. Se surgir sangramento anal, aparecimento de hemorroidas ou outros sintomas, procure imediatamente um médico gastroenterologista para que ele avalie e indique o melhor tratamento.

Para combater o inchaço do corpo, de maneira geral, não só da barriga, pode-se tomar um chá diurético e evitar ao máximo o consumo de sal, dando preferência a uma alimentação mais saudável, temperada com ervas finas. Alguns exemplos de diuréticos naturais são o chá de gengibre com canela e o consumo de alimentos como salsinha, abóbora, pepino, melancia e cerejas. Veja algumas dicas para acabar com o inchaço na barriga em Inchaço na barriga

Assista o vídeo da nutricionista Tatiana Zanin para conhecer as causas da má digestão e como solucionar este problema:

1. Gases

São as causas mais comuns e estão ligadas ao excesso de gases que pode ocorrer devido a situações como alimentação rica em gorduras, frituras e doces. O consumo de alimentos muito condimentados, com temperos em excesso também são algumas das causas frequentes da barriga inchada, pois eles também provocam muitos gases intestinais, que tendem a dilatar a região abdominal inferior.

Como solucionar: Comer devagar, não engoliar ar ao comer, tomar chá de erva-doce é uma grande ajuda porque possui propriedades que acalmam a produção de gases, aliviando os sintomas rapidamente.

2. Menstruação

É muito comum as mulheres se queixarem de ter a barriga inchada durante a menstruação. Isso ocorre devido ao acúmulo de líquidos na zona abdominal nesta fase. O inchaço tende a desaparecer naturalmente com o fim da menstruação.

Como solucionar: Para diminuir a barriga inchada durante a menstruação, o que se pode fazer é tomar um chá diurético, como o chá verde ou comer algumas fatias de melão, por exemplo.

3. Gravidez

Quando a barriga começa a ficar mais inchada do umbigo para baixo e a menstruação está atrasada alguns dias, isto pode ser um sinal de gravidez. É normal que a barriga comece a ficar mais proeminente abaixo do umbigo no 1º trimestre de gravidez e, com o passar do tempo, ela vai crescendo com uma forma mais uniforme até que chegue próxima aos seios.

Se você acha que pode estar grávida faça o teste a seguir:

Saiba se está grávida

Começar o teste
Imagem ilustrativa do questionário
Imagem ilustrativa da questão
No ultimo mês você teve relação sexual sem usar camisinha ou outro método contraceptivo como DIU, implante, anticoncepcional ou outros que impeçam ou dificultam a gravidez?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você notou algum corrimento vaginal cor-de-rosa ultimamente?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você está ficando enjoada e tem vontade de vomitar de manhã?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você está mais sensível ao cheiros, ficando incomodada com cheiros como cigarro, comida ou perfume?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Sua barriga parece mais inchada que antes, sendo mais difícil manter a calça jeans apertada durante o dia?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Sua pele parece mais oleosa e com tendência à acne?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você está se sentindo mais cansada e com mais sono?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Sua menstruação está atrasada há mais de 5 dias?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você já fez algum teste de gravidez de farmácia ou o exame de sangue, no ultimo mês, com resultado positivo?
  • Sim
  • Não
Imagem ilustrativa da questão
Você tomou a pílula do dia seguinte recentemente?
  • Sim
  • Não

Durante a gravidez, as mulheres tendem a acumular muitos líquidos, ficando com um aspecto todo inchado, principalmente nos tornozelos, mãos e nariz. Quanto a isto, o que se pode fazer é diminuir o consumo de sal e de sódio e beber bastante água. Não é recomendado tomar nenhum chá sem o conhecimento do médico, pois muitos podem provocar o parto prematuro.

4. Prisão de ventre

A prisão de ventre pode estar relacionada ao baixo consumo de fibras, pouca atividade física e pouca ingestão de água, podendo afetar pessoas de todas as idades, embora seja mais comum em pessoas sedentárias e nos acamados.

Como solucionar: Consumir alimentos ricos em fibras, pois eles favorecem a formação do bolo fecal, diminuindo a prisão de ventre e os gases associados a ela. Bons exemplos são aveia, muesli, farelo de trigo, alimentos integrais, frutas e verduras cruas ou cozidas em água e sal.

Além deste remédio caseiro, pode-se ainda tomar diariamente um copo de iogurte natural batido com 1/2 mamão papaia e adoçado com mel. Todos estes exemplos não tem contraindicações e podem ser utilizados por indivíduos de todas as idades, inclusive bebês.

5. Excesso de peso

Por vezes, a barriga não está somente inchada havendo acumulo de gordura nesta região e neste caso é preciso queimar esta gordura para solucionar este problema.

Como solucionar: Fazer exercícios diariamente e comer menos alimentos ricos em gordura e em açúcar. Se você precisa de ajuda para adequar a alimentação assista ao vídeo a seguir:

Mais sobre este assunto: