Vacina Contra Hepatite B

publicidade

Bula de Vacina Contra Hepatite B

A vacina contra a hepatite B é de administração injetável. Esta vacina induz a formação de anticorpos contra o vírus da hepatite B e está no calendário básico de vacinação da criança.

Adultos não vacinados também podem fazer a vacina, que está recomendada especialmente aos profissionais da área da saúde, aos portadores da hepatite C, alcoolistas e indivíduos com quaisquer outras doenças hepáticas.

A vacina contra a hepatite B é produzida por diferentes laboratórios e esta disponível em postos e clínicas de vacinação.

Indicações

Hepatite B (prevenção)

Efeitos Colaterais

Dor de cabeça, fadiga, febre, tontura, calor, desconforto, edema, enduração, formação de nódulo inflamação avermelhada na pele.

Contra Indicações

Gravidez risco C, histórico de hipersensibilidade aos componentes da vacina, incluindo leveduras, doença aguda moderada a grave (adiar a vacinação até que o paciente se recupere da fase aguda da doença).

Modo de Uso

Uso Injetável-Doses

Crianças: A vacina deve ser administrada via intramuscular, na região ântero-lateral da coxa.

  • 1º dose: Recém-nascido nas primeiras 12 horas de vida (dentro da maternidade)
  • 2º dose: 1 mês de idade
  • 3º dose: 6 meses de idade

Adultos: A vacina deve ser administrada via intramuscular, no braço.

  • 1º dose: Idade não determinada
  • 2º dose: 30 dias após a 1º dose
  • 3º dose: 180 dias após a 1º dose

Em casos especiais, o intervalo entre cada dose pode ser menor.

Vacina contra hepatite B na gravidez

A vacina contra a hepatite B é a forma de prevenção mais eficaz de evitar a contaminação pelo vírus da hepatite B e, consequentemente, de o transmitir para o bebê, por isso, todas as grávidas que não receberam a vacina devem tomá-la antes de engravidar.

A vacina também pode ser tomada na gravidez, a partir da 13ª semana de gestação, e está recomendada para as gestantes que não foram vacinadas ou que têm o esquema de vacinação incompleto. Além disso, neste caso, a gestante também deve tomar injeções de imunoglobulina para diminuir o risco de contaminação do bebê.

Vacina da hepatite B em jovens

O Ministério da Saúde alerta todos os jovens com até 24 anos de idade, assim como aqueles que são vulneráveis ao vírus da hepatite B a vacinarem-se contra a doença. E chama a atenção de todos os que já tiveram expostos ao vírus a fazerem o teste da hepatite B.

Os indivíduos vulneráveis ao vírus da hepatite B são aqueles que:

  • já tiveram algum contato íntimo desprotegido;
  • tenham o sistema imune comprometido;
  • tenham ou que já tenham tido familiares com hepatite b;
  • sejam ou tenham sido usuários de drogas;
  • tenham feito transfusão de sangue antes de 1992;
  • sejam filhos de mãe com hepatite B.

Situações em que os indivíduos podem ter estado expostos ao vírus da hepatite B incluem:

  • contato com sangue ou secreções de um indivíduo contaminado;
  • ser profissional da área da saúde como médico, enfermeiro, fisioterapeuta, socorrista;
  • ter prestado algum tipo de salvamento em que houve contato com sangue de desconhecido.

O ministério da saúde alerta a todos os que não tem certeza se são vacinados a aderir a vacinação da hepatite B e C.

Links uteis:

publicidade
publicidade