Tratamento caseiro para perder barriga

publicidade

Um ótimo tratamento caseiro para perder a barriga é fazer diariamente um exercício chamado prancha abdominal.

Como fazer a prancha abdominal

Para fazer a prancha abdominal basta se deitar de barriga para baixo no chão e, depois, apoiar o corpo somente na ponta dos pés e nos antebraços, deixando o corpo suspenso como mostra a imagem:

A prancha abdominal é um dos melhores exercícios para trabalhar os músculos da região da barriga, fortalecendo-os e dando uma melhor aparência nesta região, sem prejudicar a coluna.

É importante saber que este exercício não possui um alto gasto calórico e, por isso, para emagrecer, ele deve ser associado à uma dieta hipocalórica e à prática regular de exercícios físicos.Ele é mais eficaz do que o exercício abdominal tradicional, mas um bom educador físico poderá indicar quais são os exercícios para perder barriga mais indicados para cada caso.

Creme para perder barriga

Um bom creme para perder barriga é o manipulado com Xantina a 8%, que se pode encomendar numa farmácia de manipulação e não precisa de receita médica. O creme deve ser aplicado 2 vezes ao dia, em toda a região da barriga. Para potencializar seus efeitos, pode-se envolver a área a ser tratada com um plástico filme, deixando-o atuar por 2 horas.

A Xantina é uma substância que consegue eliminar o dobro da gordura que o organismo conseguiria eliminar somente com dieta e exercício. É possível eliminar até 11 cm de gordura em apenas 12 semanas de tratamento.

Tratamentos estéticos para perder barriga

Um dos melhores tratamentos estéticos para perder barriga é a Criolipólise, um aparelho que congela parte da gordura e consegue eliminar até 25% da gordura da região, em uma única sessão. Contudo, este é um tratamento dispendioso, outras opções são o Manthus, lipocavitação e a corrente russa.

Links úteis:

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 09/12/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.