Saiba quais são os Sintomas da Dengue

PUBLICIDADE

​Os primeiros sintomas da dengue incluem febre alta e mal estar geral, que surgem cerca de 3 dias após a picada do mosquito Aedes Aegypti, e conhecer a evolução da doenças é importante para não confundir a dengue com outras doenças como gripe, resfriado, malária ou meningite, por exemplo.

Por isso, em caso de suspeita de deve-se beber bastante líquidos e ir ao médico para confirmar se é dengue. Nesse caso, o único medicamento que pode ser tomado é o Paracetamol para aliviar as dores e a febre. Veja uma lista com os medicamentos que não podem ser usados porque aumentam o risco de hemorragias: Remédios que podem ser usados contra Dengue.

Sintomas da dengue clássica

Os sintomas da dengue clássica são:

  • Cansaço extremo e mal-estar;
  • Febre alta de 39 ou 40ºC;
  • Dor de cabeça, no fundo dos olhos e em todo o corpo;
  • Enjoos e vômitos;
  • Dor abdominal.

Estes sintomas podem se manter por até 7 dias, mas o cansaço e a fraqueza em geral, permanecem por mais 15 dias. Veja outras doenças que também causam cansaço: 8 doenças que causam cansaço excessivo.

Febre e mal-estar
Febre e mal-estar

O que fazer se suspeitar de dengue: Deve beber bastante água para manter a hidratação e ir ao posto de saúde, hospital ou Unidade de Pronto Atendimento - UPA para saber se é dengue. É importante não tomar nenhum medicamento para não camuflar os sintomas, nem agravar a dengue.

Sintomas da dengue hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica surgem 3 dias após àqueles comuns da dengue clássica, e podem ser:

  • Sangramento do nariz e das gengivas;
  • Urina com sangue;
  • Olhos vermelhos;
  • Palidez, pele fria e úmida;
  • Vômito persistente;
  • Agitação, sonolência, confusão mental.

Normalmente ao 3º ou 4º dia, a febre alta diminui, a pressão cai, e surgem os sangramentos típicos da doença, que são mais comuns em indivíduos que já tiveram a doença antes.

O que fazer se suspeitar de dengue hemorrágica: Deve ir imediatamente para o hospital para receber o atendimento adequado, porque esta é uma situação grave que pode levar à morte se não for devidamente tratada dentro do hospital. A dengue hemorrágica acontece em pessoas que já tiveram a dengue clássica alguma vez na vida e é por isso que é importante evitar a reprodução do mosquito.

O tratamento é feito com analgésicos e antitérmicos, sob orientação médica, tais como Paracetamol e Dipirona para aliviar os sintomas. Não se deve tomar nenhum medicamento à base de Ácido Acetilsalicílico, como aspirina ou AAS, porque pode provocar dengue hemorrágica. Para completar o tratamento é recomendado também repouso e ingestão de líquidos mas o tratamento da dengue hemorrágica deve ser feito em meio hospitalar, com o uso de medicamentos e transfusão de plaquetas.

Sintomas da dengue em bebês

A dengue em bebês e crianças pode ser mais difícil de diferenciar de outras infecções comuns, por isso se o bebê apresentar febre alta repentina deve ser levado ao posto de saúde mais próximo ou pediatra, para que ele possa solicitar um exame de sangue e indicar o tratamento que poderá incluir a toma de Paracetamol ou Dipirona.

Os sintomas em bebês podem ser:

  • Febre alta, de 39 ou 40ºC;
  • Prostração ou irritabilidade;
  • Falta de apetite;
  • Diarreia e vômito.

O que fazer se suspeitar que o bebê está com dengue: Deve levar o bebê ao pediatra, ao posto de saúde ou Unidade de Pronto Atendimento - UPA para que a dengue seja diagnosticada por um médico.

Geralmente, o tratamento é feito em casa, oferecendo muitos líquidos ao bebê ou a criança, como água, chá e sucos. Além disso, é importante oferecer um alimentação de fácil digestão, como legumes e frutas cozidas, e frango ou peixe cozido. No entanto, a criança também pode não apresentar sintomas, dificultando seu diagnóstico. Saiba como saber se a criança está com dengue.

Saiba tudo o que se pode fazer para não ser picado pelo mosquito da dengue:

Veja como se recuperar mais rápido depois da picada do mosquito Aedes aegypti.

PUBLICIDADE