Sexo do bebê

Cosmetis - Cosméticos Importados
publicidade

O sexo do bebê pode ser visualizado com exatidão através do ultrassom realizado na 20º semana de gestação, embora alguns especialistas consigam identificá-lo antes desta fase. A ultrassonografia é o método mais tradicional para se saber se o bebê será menina ou menino.

Como saber o sexo do bebê

Para saber o sexo do bebê pode-se realizar exames de imagem como o ultrassom, que normalmente é realizado durante o pré-natal, ou através de um exame de sangue solicitado especificamente para este fim, chamado sexagem fetal.

Quando saber o sexo do bebê

Pode-se saber o sexo do bebê a partir das 8 semanas de gestação, pelo exame de sangue. Mas, geralmente, na ultrassonografia das 13 semanas de gestação, se o bebê for um menino, o médico poderá identificá-lo, embora seja mais comum os médicos só confirmarem o sexo do bebê por volta dos 5 meses de gravidez.

Exames para saber o sexo do bebê

Os exames que podem identificar com precisão qual é o sexo do bebê são:

  • Ecografia morfológica (ultrassonografia)
  • Sexagem fetal (exame de sangue)

Segundo crendices populares, poderá estar grávida de uma menina se:

  • A barriga for bem redonda, mais parecida com uma melancia do que com um melão
  • Sentir maior desejo de comer doces
  • Se a linha alba, uma linha escura que surge na barriga, chegar até o umbigo
  • Tiver enjoos matinais frequentemente
  • O rosto parecer mais gordinho durante a gravidez

Poderá estar grávida de um menino se:

  • A barriga for mais pontuda, mais parecida com um melão do que com uma melancia
  • Sentir maior desejo por sabores salgados
  • Se a linha alba, uma linha escura que surge na barriga, chegar até o estômago
  • Não sentir muitos enjoos matinais
  • O rosto parecer mais magro do que antes de engravidar

Estas crendices populares não possuem qualquer comprovação científica.

Links úteis:

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/10/2014 Última atualização da página: 30/09/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.