Como é o período fértil de quem toma anticoncepcional

PUBLICIDADE

​Quem toma anticoncepcional, todos os dias, sempre no mesmo horário, não tem período fértil e, portanto, não ovula, diminuindo a chance de engravidar, porque, como não há óvulo maduro, este não pode ser fecundado. Isso ocorre tanto nos anticoncepcionais de 21, 24 ou 28 dias, e também no implante anticoncepcional.

Os anticoncepcionais orais inibem a ovulação, mas também alteram o endométrio uterino e o muco cervical, potencializando a prevenção da gravidez. No entanto, se a mulher esquecer de tomar algum comprimido, especialmente na primeira semana da cartela, há chance de engravidar porque ela poderá ovular e liberar um óvulo que ao encontrar-se com o espermatozoide, que pode sobreviver no interior da mulher por até 7 dias, poderá ser fecundado.

Veja como usar a pílula e não engravidar em: Como tomar o anticoncepcional corretamente.

É possível engravidar tomando anticoncepcional?

Apesar de ser um método contraceptivo bastante eficaz, a mulher pode engravidar tomando o anticoncepcional se:

1. Esquecer de tomar a pílula diariamente sempre no mesmo horário. Há maiores chances se o esquecimento acontecer na primeira semana da cartela.

2. Tomar algum medicamento que diminua a eficácia da pílula, como antibióticos, imunossupressores e anticonvulsivantes, por exemplo, porque eles cortam o efeito da pílula. Veja alguns exemplos em: Remédios que diminuem a eficácia da pílula.

3. Vomitar ou tiver uma diarreia até 2 horas após o uso da pílula.

Nesses casos, a gravidez seria possível, pois a mulher pode vir a ovular e, ao ter relação, o óvulo ser fecundado.

Além disso, a pílula tem 1% de falha e por isso, é possível engravidar mesmo tomando a pílula anticoncepcional corretamente durante todos os meses, mas isto não acontece com frequência.

Veja como calcular o seu período fértil:

Como é a menstruação de quem toma anticoncepcional

A menstruação que vem todos os meses, para quem toma o anticoncepcional, não é referente ao "ninho" preparado pelo organismo para receber o bebê, mas sim, o resultado da privação hormonal durante o intervalo entre uma cartela e outra.

Essa falsa menstruação tende a causar menos cólica e dura menos dias, e graças à eficácia da pílula anticoncepcional, pode-se ter relações sexuais todos os dias do mês, até mesmo durante os dias de pausa entre uma cartela e outra, sem correr o risco de engravidar, desde que a pílula seja usada corretamente.

Quem toma o anticoncepcional corretamente pode notar alguma alteração nos dias que antecedem a menstruação, como mamas doloridas, maior irritabilidade e inchaço corporal, que são conhecidos como tensão pré-menstrual - TPM, mas estes sintomas são mais suaves do que se a mulher não tomar a pílula anticoncepcional.

Tomar o anticoncepcional corretamente não exclui a necessidade de usar a camisinha durante as relações sexuais porque somente o preservativo protege contra a doenças sexualmente transmissíveis. Veja: O que fazer se teve relação sexual sem camisinha.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE