Oxiúrus: infecção comum na infância

publicidade

A infecção por oxiúrus é uma doença comum na infância. O tratamento é feito com Pamoato de Pirantel ou Mebendazol, com dose única e repetição em 2 semanas, ou usando uma pomada anti-helmíntica, como a Tiabendazol, por 5 dias. Seu principal sintoma é a coceira anal. O Nematódeo Enterobius Vermicularis habita o intestino e põe seus ovos na região perianal e, ao coçar a região, a criança contaminada pode facilmente transmitir o verme para seus irmãos e familiares.

Os vermes são brancos e têm a espessura de um fio de cabelo. Eles se movem bastante, sendo, por isso, facilmente visíveis a olho nu, especialmente nas primeiras horas após a criança ter se deitado para dormir de noite, pois este verme tem hábitos noturnos.

Sintomas de oxiúrus

O principal sintoma da infestação por oxiúrus é a coceira anal. Enjoo, emagrecimento e irritabilidade também podem estar presentes.

Alguns casos esporádicos podem apresentar insônia e apendicite, devido à presença do verme no apêndice. Nas meninas pode haver contaminação na vagina, gerando infecção urinária e, em casos extremos, esterilidade.

Diagnóstico do oxiúrus

Para fazer o diagnóstico do oxiúrus, os pais podem observar o ânus da criança antes dela acordar, já que os vermes podem ser facilmente visualizados. Colar um pedaço de fita adesiva transparente, como o durex, por exemplo, em volta do ânus da criança e colar as duas extremidades, de forma que os vermes e seus ovos possam ser vistos no microscópio, facilita o diagnóstico por parte do médico.

Transmissão do oxiúrus

A transmissão do oxiúrus dá-se através do contato com o indivíduo contaminado. Os ovos do parasita são transferidos da área em torno do ânus para as roupas e são transportados frequentemente pelos dedos até a boca de outra criança, que os engole sem perceber.

Os ovos também são muito leves e podem ser inalados através do ar, motivo pelo qual se torna difícil controlar a infestação.

Tratamento para oxiúrus

Para tratar o oxiúrus, basta tomar um vermífugo, como o Pamoato de Pirantel ou Mebendazol, com dose única e repetição em 2 semanas. O uso de uma pomada anestésica e anti-helmíntica no ânus mata os vermes externos e ajuda a evitar que a criança coce o local, diminuindo o risco de transmissão da doença. A reinfestação é comum, pois os ovos do oxiurus continuam saindo nas fezes por até 1 semana. Lavar bem as mãos após evacuar e lavar muito bem brinquedos, lençóis e roupas da criança também é importante para eliminar qualquer ovo remanescente.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 27/08/2014 Última atualização da página: 22/03/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.