Leucograma na gravidez

publicidade

É importante a realização do leucograma na gravidez para saber como está o sistema de defesa da mulher. Durante a gravidez é normal que os valores dos leucócitos fiquem ligeiramente aumentados e os valores dos linfócitos absolutos, plaquetas, esoinófilos e basófilos fiquem ligeiramente diminuídos.

Valores de referência do leucograma na gravidez

Os valores de referência do leucograma na gravidez são:

  • 1º trimestre: Leucócitos: valor de referência x 1.25; Bastonetes: valor de referência x 1.85; Segmentados: valor de referência x 1.15 e linfócitos totais: valor de referência x 0.85
  • 2º trimestre: Leucócitos: valor de referência x 1.40; Bastonetes: valor de referência x 2.70; Segmentados: valor de referência x 1.80 e linfócitos totais: valor de referência x 0.80
  • 3º trimestre: Leucócitos: valor de referência x 1.70; Bastonetes: valor de referência x  3.00; Segmentados: valor de referência x 1.85 e Leucócitos: valor de referência x 0.75
  • Parto até 3 dias após trabalho de parto: Leucócitos: valor de referência x 2.85; Bastonetes: valor de referência x 4.00; Segmentados: valor de referência x 2.85 e Leucócitos: valor de referência x 0.70

Os valores de referência variam de acordo com a idade da mulher, por isso ele deverá ser verificado antes de ser multiplicado pelos valores acima citados. Pode-se verificar quais são estes valores em: Leucograma.

Os valores do leucograma tendem a voltar ao seu normal cerca de 35 a 78 dias após o parto.  Qualquer alteração significativa deve ser correlacionada com a história clínica da mulher para verificar a existência de alguma doença em curso.

Referência Bibliográfica

ARAÚJO. APBE; et al. Leucograma no ciclo grávido-puerperal: valores normais. Acesso em Maio, 2012.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade