Leucograma

publicidade

O leucograma é uma parte do exame de sangue que consiste em avaliar os leucócitos, células de defesa do organismo, também chamadas de glóbulos brancos. Ele indica o número de neutrófilos, bastões ou segmentados, linfócitos, monócitos, eosinófilos e basófilos presentes no sangue, para facilitar o diagnóstico médico.

Quando os valores dos leucócitos estão aumentados, cientificamente isto chama-se leucocitose, e quando os leucócitos estão diminuídos, isto chama-se leucopenia.  A leucocitose pode ser causada por uma leucemia, e a leucopenia pode ser causada pelo uso de medicamentos ou quimioterapia, por exemplo, e cada uma destas situações necessita de um tratamento específico.

Valores de referência do leucograma

Os valores de referência do leucograma dependem da faixa etária:

  • 1 dia de vida:
  1. Leucócitos totais: 9.000 a 30.000/mm3
  2. Neutrófilos: 6.000 a 26.000/mm3
  3. Linfócitos: 2.000 a 11.000/mm3
  • 6 meses a 2 anos de idade:
  1. Leucócitos totais: 6.000 a 17. 500/mm3
  2. Neutrófilos: 1.500 a 8.500/mm3
  3. Linfócitos: 3.000 a 9.500/mm3
  • 6 a 13 anos de idade:
  1. Leucócitos totais: 5.000 a 13.000mm/m
  2. Neutrófilos: 1.800 a 8000/mm3
  3. Linfócitos: 1.200 a 6.000/mm3
  • Adultos:
  1. Leucócitos totais: 4.500 a 11.000/mm3
  2. Neutrófilos: 1.800 a 7.700/mm3
  3. Linfócitos: 1.000 a 4.800/mm3

Leucopenia ocorre quando leucócitos são inferiores a 4.500/mm3, já a leucocitose, quando leucócitos são superiores a 11.000/mm3.

Para que serve o leucograma

O leucograma serve para identificar como os leucócitos, que são as células de defesa do organismo, estão se comportando. Existem 6 tipos de leucócitos diferentes e cada um deles exerce uma função específica. São eles:

  • Neutrófilos: células sanguíneas mais abundantes em relação ao sistema de defesa, sendo responsável pelo combate a bactérias. Por isso, quando os valores de neutrófilos estão altos, isto pode indicar uma infecção bacteriana
  • Segmentados ou bastões: são neutrófilos muito jovens, que foram lançados no sangue para combater uma infecção aguda. Quando seus valores estão aumentados, frequentemente recebem o nome de leucograma com desvio à esquerda
  • Linfócitos: os linfócitos combatem vírus, tumores e produzem anticorpos. Quando aumentados, podem indicar uma infecção viral, HIV ou a rejeição de um órgão transplantado, por exemplo
  • Monócitos: são células de defesa responsáveis for fagocitar (comer) micro-organismos invasores, sendo também chamados de macrófagos. Atuam contra vírus e bactérias, sem distinção
  • Eosinófilos: são células de defesa que são ativadas em caso de alergia ou caso o indivíduo tenha algum parasita intestinal
  • Basófilos: são as células de defesa que são ativadas em caso de inflamação crônica ou alergia prolongada.

É importante que seja o médico a correlacionar o resultado do leucograma com a história clínica do indivíduo, para chegar ao diagnóstico da doença.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 29/07/2014 Última atualização da página: 17/01/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.