Hemorróidas na gravidez

publicidade

Ter hemorróidas na gravidez é relativamente normal e elas podem ser tratadas de forma natural, trazendo alívio quase imediato dos sintomas.

Seu surgimento na gravidez deve-se ao aumento do peso corporal e da pressão exercida na região pélvica, mas elas são mais comuns em mulheres que já apresentavam prisão de ventre antes de engravidar.

Tratamento para hemorróidas na gravidez

O tratamento para hemorróidas na gravidez pode ser feito com:

  • Cuidados de higiêne como: não usar papel higiênico, limpando-se sempre com água morna e sabonete neutro após urinar ou defecar;
  • Usar uma pomada para hemorróida receitada pelo médico;
  • Fazer banhos de assento com plantas medicinais como hamamélis, por exemplo.

A grávida deve ter especial atenção ao uso dos medicamentos e pomadas. Elas só devem ser utilizadas sob orientação médica, após avaliar o risco/benefício, pois o medicamento poderá chegar até o bebê.

Sintomas de hemorróidas na gravidez

São sintomas de hemorróidas na gravidez:

  • Dor anal;
  • Dor ao evacuar, andar e/ou sentar;
  • Coceira no ânus;
  • Sangue vermelho vivo ao redor das fezes ou no papel higiênico após limpar-se;
  • Saliência no ânus, quando trata-se de hemorróida externa.

Cirurgia para hemorróidas na gravidez

A cirurgia para hemorróidas na gravidez só deve ser realizada se todas as alternativas terapêuticas forem insuficientes, se a situação for insuportável para a mulher e se o bebê não correr nenhum risco.

A hemorróida externa não impede o trabalho de parto normal e não justifica uma cesária, mas isto vai depender do desejo da mulher e da opinião do médico.

As hemorróidas que surgem durante a gravidez tendem a desaparecer no pós parto, mas algumas mulheres podem permanecer com elas durante alguns meses, neste caso recomenda-se a consulta a um proctologista e o uso de remédios caseiros, especialmente se a mulher estiver amamentando.

Links úteis:

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 04/02/2013
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.