Cisto sebáceo

O cisto sebáceo é um tipo de "caroço" que se forma sob a pele composto de uma substância chamada sebum, de formato arredondado, que mede poucos centímetros e pode surgir em qualquer região do corpo. Ele geralmente é macio ao toque e não dói.

O médico mais indicado para tratar um cisto sebáceo é o dermatologista.

Foto do cisto sebáceo

Cisto sebáceo inflamado

O cisto sebáceo inflamado gera sintomas como dor, aumento da temperatura no cisto e a região pode ficar sensível e avermelhada e, por isso, requer tratamento médico. Neste caso, o médico poderá indicar que o indivíduo comece a tomar um antibiótico antes da cirurgia e por mais alguns dias depois do procedimento cirúrgico.

Tratamento para cisto sebáceo

Um bom tratamento para cisto sebáceo é colocar uma bolsa de água quente por 15 minutos na região. A água quente promove a dilatação e facilita a saída espontânea do seu conteúdo. Ir à praia também ajuda a curar o cisto porque a água do mar ajuda a purificar a região.

Não é recomendado espremer o cisto ou tentar retirá-lo sozinho, porque pode infeccionar e lesionar os tecidos a sua volta. Para remover completamente o cisto sebáceo, o ideal é recorrer à cirurgia, que pode ser realizada no consultório médico, sob anestesia. Quando o cisto está inflamado o médico poderá orientar que antes da cirurgia o paciente tome antibióticos por 5 ou 7 dias para evitar a infecções.

Como é a cirurgia para cisto sebáceo

A cirurgia para cisto sebáceo é relativamente simples, sendo feita num consultório médico sob anestesia local. A cirurgia é indicada para cistos que medem mais de 1 centímetro de diâmetro ou que estejam infectados, como pode ocorrer quando o indivíduo tenta espreme-lo, por exemplo. Após a retirada do conteúdo do cisto o médico poderá dar alguns pontos na área e irá realizar um curativo que deverá ser trocado sempre que estiver aparentemente sujo.

Apesar dos cistos sebáceos serem mais comuns nas costas, no pescoço e na cabeça, eles podem surgir em qualquer região do corpo, com exceção da palma das mãos e das plantas dos pés.

Cisto sebáceo no rosto

O cisto sebáceo no rosto pode ser solucionado no dermatologista porque não é recomendado tentar retirar o cisto sozinho, espremendo ou com uma agulha, porque ele pode infeccionar.

Cisto sebáceo nas costas

Os cistos sebáceos nas costas podem causar maior incômodo quando o indivíduo está dormindo, principalmente quando se trata de um cisto inflamado. Por vezes, ele pode ser confundido com uma espinha, mas os cistos sebáceos nas costas costumam ser maiores e muitas vezes precisam de tratamento cirúrgico.

Cisto sebáceo na cabeça

O cisto sebáceo na cabeça pode causar dor quando o indivíduo lava ou penteia os cabelos e, em alguns casos, ele pode ser bem visível, como ocorre em caso de calvície. Os cisto sebáceos na cabeça são geralmente benignos, mas após a sua retirada cirúrgica o médico poderá enviar parte do seu conteúdo para análise laboratorial para excluir as chances de malignidade, isto é, de ser um câncer, principalmente se o indivíduo já teve câncer ou se há casos da doença na família.