Cisto no Ovário

publicidade

​O cisto no ovário, também conhecido como cisto ovariano, é uma bolsa cheia de líquido que se forma dentro ou ao redor do ovário, podendo provocar dor na região pélvica, atraso na menstruação ou dificuldade para engravidar, por exemplo.

Geralmente, o cisto no ovário é benigno e desaparece passado alguns meses sem necessitar de tratamento, no entanto, caso apresente sintomas, pode necessitar de tratamento médico.

Ter um cisto no ovário, geralmente, não é grave porque é uma situação comum que acontece em muitas mulheres entre os 15 e os 35 anos de idade, podendo surgir várias vezes ao longo da vida.

É possível engravidar com cisto no ovário?

O cisto no ovário não causa infertilidade, mas a mulher pode ter dificuldade em engravidar devido às alterações hormonais que levaram ao surgimento do cisto. Porém, com o tratamento adequado, o cisto no ovário tende a diminuir ou desaparecer, fazendo com que a mulher retorne ao seu ritmo hormonal normal, facilitando a fertilização.

Quando a mulher com cisto no ovário consegue engravidar, deve fazer consultas regulares no obstetra pois existe maior risco de complicações, como gravidez ectópica, por exemplo.

Tratamento para cisto no ovário

O tratamento para cisto no ovário varia conforme o tipo de cisto que a mulher possui e, por isso, deve ser orientado por um ginecologista que pode indicar apenas observação regular do cisto ou tratamento com pílula anticoncepcional adequada a cada caso.

Já quando o cisto no ovário provoca sintomas ou dificulta o funcionamento do órgão, o médico pode recomendar cirurgia para retirada do cisto, sem retirar o ovário. No entanto, nos casos mais graves, em que o cisto é muito grande ou apresenta indícios de câncer o ginecologista pode aconselhar a retirada do ovário.

Conheça uma forma natural de tratar o cisto em: Tratamento para cisto no ovário.

Tipos de cistos no ovário

Os principais tipos de cistos no ovário incluem:

  • Cisto folicular: forma-se quando não há ovulação ou quando o óvulo não sai do ovário durante o período fértil. Geralmente, não apresenta sintomas e não necessita de tratamento;
  • Cisto de corpo lúteo: pode surgir após a liberação do óvulo e, normalmente, desaparece sem tratamento;
  • Cisto hemorrágico: acontece quando há sangramento na parede do cisto para o seu interior, podendo causar dor pélvica;
  • Cisto dermoide: também chamado de teratoma cístico maduro, que em alguns casos necessita de tratamento através da laparoscopia;
  • Endometrioma ovariano: surge em casos de endometriose nos ovários, necessitando ser tratado com remédios ou cirurgia;
  • Cistoadenoma: cisto ovariano benigno, que deve ser retirado através de laparoscopia.

O tipo de cisto no ovário pode ser avaliado no ginecologista através de exames como ultrassom, laparoscopia ou exames de sangue.

Sintomas de cisto no ovário

Os sintomas de cisto no ovário são raros, porém caso cresçam, os cistos podem provocar:

  • Dor na região pélvica;
  • Dor durante as relações;
  • Atraso da menstruação;
  • Aumento da sensibilidade nas mamas;
  • Sangramento vaginal fora do período menstrual;
  • Aumento de peso;
  • Enjoos e vômitos;
  • Cansaço fácil e
  • Dificuldade para engravidar.

O diagnóstico do cisto no ovário pode ser feito através de exames como palpação da região pélvica, ultrassonografia transvaginal, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Após a identificação do cisto no ovário o médico ginecologista também poderá solicitar exames de sangue, como o CA 125, para verificar se o cisto está relacionado ao câncer de ovário.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade