Tudo sobre menstruação

publicidade

Menstruação é um sangramento que normalmente ocorre nas mulheres uma vez por mês, em decorrência da descamação do revestimento interno do útero, o endométrio. Geralmente a primeira menstruação acontece entre os 9  e os 15 anos de idade, sendo a idade média os 12 anos, e só deixa de ocorrer na menopausa, por volta dos 50 anos de idade.

O aparelho reprodutor feminino trabalha todos os meses para produzir e eliminar um óvulo, ou seja, prepara-se para engravidar. Se a mulher não tiver contato com um espermatozoide, não haverá fecundação e cerca de 14 dias após a liberação do óvulo, surge a menstruação. A partir daí inicia-se um novo ciclo, para que o útero se prepare novamente para uma nova ovulação.

Quanto tempo dura a menstruação

Cada menstruação dura aproximadamente de 4 a 7 dias, mas o intervalo entre uma menstruação e outra dura uma média de 28 dias, podendo variar de 25 a 45 dias, sendo influenciada por fatores como estresse, alterações hormonais, doenças ou simplesmente existência de uma menstruação irregular.

Menstruação atrasada

A menstruação atrasada, em mulheres com vida sexual ativa, normalmente é logo associada a gravidez, mas isso nem sempre é verdade. Fatores como cistos nos ovários, doenças no útero, anemias, alterações psicológicas como depressão e ansiedade, alterações na rotina, maus hábitos alimentares, dietas desequilibradas, ou até mesmo estresse pensando em se tratar de uma gravidez, podem ser responsáveis pelo atraso na menstruação. Caso isso aconteça regularmente, durante muitos meses, deve-se procurar um médico ginecologista para avaliar melhor a possível causa do atraso.

Menstruação na gravidez

A menstruação na gravidez normalmente é confundida com pequenos sangramentos que ocorrem no início da gestação, decorrente da implantação do óvulo fecundado na parede do útero. Quando a mulher engravida, o seu corpo começa a produzir gonadotropina coriônica humana, interrompendo automaticamente o ciclo menstrual e impedindo que ocorra a menstruação. No entanto, se o volume de sangue for muito grande, acompanhado de cólicas, pode se tratar de um aborto espontâneo, devendo ser tratado com urgência.

Menstruação no pós-parto

A menstruação no pós-parto vai depender se a mulher estiver ou não amamentando. Após o nascimento do bebê, a mulher tem um sangramento que pode durar até 30 dias, variando de acordo com cada organismo e com circunstâncias que a mulher está submetida. Nas mães que amamentam de forma exclusiva, podem passar até um ano sem menstruar, mas se não amamentarem, podem ter os ciclos menstruais regulares após um mês do parto.

É normal a menstruação vir 2 vezes por mês?

Pode ser normal a menstruação vir duas vezes por mês com ciclos mais curtos,especialmente nos primeiros meses, pois o organismo da jovem ainda está se organizando a nível hormonal. Nas mulheres mais maduras, alguns fatores podem causar desequilíbrios no ciclo menstrual, tais como:

  • Miomas;
  • Estresse;
  • Câncer;
  • Ovários policísticos;
  • Cisto no ovário;
  • Uso de alguns remédios;
  • Alterações hormonais e emocionais;
  • Cirurgias nos ovários e laqueaduras.

Se isto acontecer com alguma frequência, é importante informar ao ginecologista os dias específicos em que a menstruação veio e todos os sintomas associados, para que possam identificar a causa do desequilíbrio na menstruação.

Menstruação preta

A menstruação preta, marrom ou tipo “borra de café” pode ocorrer por diversas causas, dentre elas pode-se destacar:

  • Mudança de pílula anticoncepcional;
  • Alterações hormonais por medicamentos;
  • Estresse e fatores psicológicos;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Doenças como miomatose e endometriose;
  • Possível gravidez. 

Menstruação no início da gravidez

A menstruação no início da gravidez é muito comum e pode acontecer nos três primeiros meses. Também é chamado sangramento de escape pois os hormônios femininos estão habituados a trabalhar para que ocorra a menstruação, e mesmo estando grávida, por vezes acontece o sangramento, fazendo com que a mulher só descubra mais tarde a gravidez. Outras causas podem causar sangramento na gravidez. São elas:

  • Quando o óvulo fertilizado adere à parede do útero;
  • Relações sexuais mais intensas;
  • Realização de Ultrassom transvaginal ou exame de toque;
  • Em casos de reprodução assistida;
  • Uso de medicamentos anticoagulantes como a heparina ou a aspirina;
  • Presença de miomas ou pólipos;
  • Infecção na vagina ou no colo do útero;
  • Início do trabalho de parto se a gravidez tiver mais que 37 semanas.

Se o sangramento acontecer por uma das causas supracitadas, é possível que o médico recomende repouso por alguns dias e que a mulher evite ter relações sexuais até o sangramento passar.

Menstruação irregular

A menstruação irregular pode ocorrer nos dois primeiros anos após a primeira menstruação pois o corpo ainda está aprendendo a lidar com os hormônios, o que geralmente regulariza após os 15 anos. No entanto, se ocorrer uma irregularidade acentuada e constante do fluxo menstrual, deve ser analisada pois pode interferir no processo de ovulação.

Dentre as causas mais comuns para irregularidade no ciclo, estão a presença de tumores, cistos, desequilíbrio na produção hormonal e estresse. O tratamento é baseado no uso diário de comprimidos para regular o fluxo menstrual, ajudando a equilibrar qualquer falha na produção de hormônios. Cada caso será avaliado pelo ginecologista e o tratamento pode ser baseado no uso de pílula anticoncepcional, progesterona, estrogênio ou testosterona.

Menstruação com coágulos

A menstruação com coágulos pode acontecer nos dias em que o fluxo é muito intenso fazendo com que o sangue coagule antes de sair do corpo da mulher. É uma situação muito comum, mas se aparecerem coágulos de sangue muito grandes e numerosos e com mais frequência durante a menstruação, deve-se consultar um médico.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/08/2014 Última atualização da página: 14/08/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.