Pedra de vesícula na gravidez

publicidade

A pedra de vesícula na gravidez é um problema que pode surgir devido às alterações hormonais da gestação que dificultam o esvaziamento da vesícula biliar, facilitando o acúmulo de colesterol e formação de pedras no seu interior.

Geralmente, a pedra na vesícula na gravidez é mais frequente em grávidas com excesso de peso, níveis altos de colesterol no sangue, diabetes.

A pedra na vesícula não impede a gravidez, nem afeta o bebê, no entanto algumas complicações, como infecção ou vômitos severos podem diminuir o estado nutricional da gestante e dificultar o desenvolvimento do feto. Por isso é importante consultar o obstetra e ter acompanhamento nutricional, caso surjam sintomas de pedra na vesícula, como dor abdominal e náuseas, para iniciar o tratamento adequado e evitar complicações.

Sintomas da pedra de vesícula na gravidez

Os sintomas da pedra de vesícula na gravidez podem incluir:

  • Dor abdominal à direita, especialmente após comer;
  • Dor nas costas;
  • Náuseas e vômitos;
  • Febre acima de 38º e arrepios;
  • Pele ou olhos amarelados;
  • Fezes mais claras.

Os sintomas de pedra na vesícula durante a gravidez são mais comuns no terceiro trimestre da gestação, no entanto, podem surgir mais cedo em mulheres com excesso de peso.

Tratamento para pedra de vesícula na gravidez

O tratamento para pedra de vesícula na gravidez deve ser feito pelo obstetra e, normalmente, inclui a prática regular de exercício físico e uma alimentação pobre em alimentos gordurosos, como frituras ou embutidos, para reduzir os sintomas apresentados. Saiba quais os alimentos recomendados para pedras na vesícula em: Dieta na crise de vesícula.

Além disso, o médico também pode receitar o uso de remédios anti-inflamatórios e analgésicos, como Indometacina ou Acetominofeno, que ajudam a diminuir os sintomas caso a dieta e o exercício não sejam suficientes.

A cirurgia para pedra de vesícula na gravidez está contraindicada, só devendo ser utilizada em casos de infecção severa da vesícula biliar, dores intensas ou risco de aborto por desnutrição da mãe, por exemplo. Nestes casos, é utilizada a laparoscopia de forma a reduzir os riscos da cirurgia para a gravidez.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 29/07/2014 Última atualização da página: 07/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.