Febre aftosa em humanos

publicidade

A febre aftosa em humanos é uma doença infecciosa rara, provocada por um vírus, mas bastante contagiosa e que provoca aparecimento de lesões na pele, boca e entre os dedos. Esta doença é mais comum em regiões rurais e as crianças, idosos e indivíduos com baixa imunidade são os mais susceptíveis de contrair a infecção.

A transmissão da febre aftosa em humanos dá-se por contato direto com um animal infetado com o vírus que causa a doença. A ingestão de leite não pasteurizado, consumo de carne de um animal contaminado e contacto com secreções como leite, sêmen, catarro ou espirro podem transmitir a febre aftosa para o ser humano. Raramente a doença passa de pessoa para pessoa.

A febre aftosa em pessoas tem cura e, quando devidamente tratada, não apresenta riscos graves para a saúde do indivíduo.

Sintomas da febre aftosa em humanos

Alguns sintomas da febre aftosa em humanos surgem cerca de 5 dias após contato com o vírus e podem ser:

  • Inflamação da boca;
  • Lesões, tipo afta, na boca;
  • Feridas na pele entre os dedos;
  • Febre alta;
  • Dores musculares;
  • Dor de cabeça;
  • Sede excessiva.

Os sintomas da febre aftosa geralmente diminuem ao fim de 3 ou 5 dias. Porém, nos casos mais avançados, a infecção pode originar outros problemas e atingir a garganta e pulmões, provocando complicações graves e até mesmo a morte.

O diagnóstico da febre aftosa é feito através do exame físico, avaliação das lesões na boca e por exame ao sangue para detetar presença de infecção.

Tratamento da febre aftosa em humanos

O tratamento da febre aftosa em humanos não é específico e baseia-se na toma de remédios analgésicos como Dipirona ou corticoesteroides como Prednisolona, em casos de inflamação grave da garganta ou pulmões.

A limpeza das feridas na pele e aftas da boca é muito importante para melhorar as lesões e acelerar a sua cicatrização; ingerir muitos líquidos e repousar é importante para o tratamento da doença.

A prevenção da febre aftosa em humanos é feita evitando o contato com animais infetados, tomar leite não pasteurizado e carne contaminada. Havendo suspeita de um surto de febre aftosa em animais próximos ao local de trabalho ou moradia do indivíduo, é recomendado o abate dos animais.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 18/08/2014 Última atualização da página: 03/02/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.