Entenda porque o Coração Grande é grave e saiba como tratar

O coração grande, também conhecido como cardiomegalia, é uma doença grave e de difícil tratamento que atinge principalmente os idosos, mas também pode acontecer em adultos jovens ou em crianças com problemas cardíacos.

O coração grande não consegue bombear sangue com a força necessária para todo o corpo, o que provoca cansaço intenso e falta de ar. Apesar de ser uma doença grave e que pode levar à morte, a cardiomegalia pode ser tratada e tem cura principalmente quando identificada no início.

Sintomas da Cardiomegalia

Os principais sintomas da cardiomegalia são:

  • Falta de ar;
  • Fraqueza e cansaço ao realizar pequenos esforços;
  • Tonturas e desmaios;
  • Palpitações cardíacas;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Diminuição da quantidade de urina produzida por dia.

É importante procurar o médico logo que esses sintomas apareçam, pois quando não tratada a cardiomegalia pode causar insuficiência cardíaca, infarto e morte súbita.

Cansaço frequente e falta de arCansaço frequente e falta de ar

Tratamento para Cardiomegalia

O tratamento para a cardiomegalia consiste no uso de medicamentos diuréticos e regulares de hormônios que controlam a pressão arterial e os batimentos cardíacos, melhorando o funcionamento do coração. Os remédios normalmente utilizados para tratar a cardiomegalia são Carvedilol, Metoprolol, Bisoprolol, Enalapril, Captopril, Ramipril, Espironolactona e Furosemida.

No entanto, se o uso de remédios não for suficiente, pode ser necessário fazer cirurgia para refazer a estrutura do coração ou transplante cardíaco.

Causas e diagnóstico da Cardiomegalia

As principais causas da cardiomegalia são doença de Chagas, má circulação e doenças nas válvulas cardíacas. Outras causas menos comuns são pressão alta, alcoolismo e problemas na estrutura das células do coração.

O diagnóstico da cardiomegalia é feito com base na história clínica do indivíduo e através de exames como raio-x e do eletrocardiograma, que identifica o grau de insuficiência cardíaca apresentado pelo coração.

Assim, é importante identificar os primeiros sinais de problemas no coração para que o tratamento adequado seja logo iniciado, evitando complicações.

Mais sobre este assunto: