Consequências do traumatismo craniano

publicidade

As consequências de um traumatismo craniano são bastante variáveis, podendo haver uma recuperação total, ou até mesmo a morte. Alguns exemplos de consequências de um traumatismo craniano são:

  • coma;
  • perda da visão;
  • convulsões;
  • epilepsia;
  • deficiência mental;
  • perda da memória;
  • alterações de comportamento;
  • perda da capacidade de locomoção e/ou
  • perda do movimento de algum membro.

A gravidade das consequências deste tipo de traumatismo dependerão do local do cérebro afetado, da extensão da lesão cerebral e também da idade do paciente.

Muitas funções cerebrais são desempenhadas por mais de uma área, sendo que em alguns casos as áreas íntegras do cérebro assumem as funções perdidas em decorrência da lesão em outra área, permitindo uma recuperação parcial do indivíduo. Mas algumas funções como a visão e o controle motor, por exemplo, são controladas por regiões muito específicas do cérebro e se forem gravemente lesadas podem levar a uma perda permanente da função.

O que é um traumatismo craniano

O traumatismo craniano é caracterizado por qualquer pancada na cabeça e pode ser classificado como leve, grave, de grau I, II ou III, aberto ou fechado.

Causas comuns de traumatismo craniano são os acidentes automobilísticos, atropelamentos, quedas, perfuração craniana e durante a prática desportiva, como, por exemplo, nas partidas de futebol.

Sintomas do traumatismo craniano

Os sintomas da traumatismo craniano são:

  • perda da consciência/desmaio;
  • dor de cabeça intensa;
  • sangramento na cabeça, pela boca, pelo nariz ou pelo ouvido;
  • diminuição da força muscular;
  • sonolência;
  • dificuldade na fala;
  • alterações a visão e na audição;
  • perda da memória;
  • coma.

Estes sintomas podem demorar até 24 horas para aparecer e, por isso, sempre que algum indivíduo bater com a cabeça fortemente em algo, ou em alguém, ele deve ser observado atentamente dentro deste período, de preferência num hospital.

Tratamento para traumatismo craniano

O tratamento para o traumatismo craniano varia conforme a gravidade do caso. Casos leves devem permanecer sob observação hospitalar por até 24 horas. Indivíduos em estado mais grave devem permanecer hospitalizados por mais tempo, desta forma receberão todos os cuidados necessários para sua recuperação.

Medicações para dor e para a circulação deverão ser administradas, assim como diuréticos e o correto posicionamento no leito hospitalar. Pode ser necessária a realização de cirurgias à face e à cabeça.

Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 10/05/2012
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.