Saiba como identificar os sintomas da overdose

A overdose acontece devido ao uso de uma dose excessiva de droga ou medicamento, e provoca problemas como dificuldade respiratória e acúmulo de líquido nos pulmões, impedindo a respiração normal e podendo levar à morte.

Além disso, os sintomas variam de acordo com o tipo de droga e a forma como ela foi utilizada, a condição de saúde geral do usuário e se houve ou não mistura de drogas, mas é importante saber reconhecer o problema para pedir ajuda médica o mais rápido possível.

Veja a seguir os efeitos que cada tipo de droga causa no organismo.

Saiba como identificar os sintomas da overdose

Drogas depressoras

As drogas depressivas são aquelas que diminuem a atividade do sistema nervoso como a heroína, o álcool, e os medicamentos morfina, meperidina, metadona, fentanil, antiepilépticos e soníferos.

Assim, deve-se estar atento aos seguintes sintomas:

  • Respiração fraca ou dificuldade em respirar;
  • Roncos ou respiração com borbulhas, indicando que algo está obstruindo os pulmões;
  • Lábios e pontas dos dedos de cor azulada;
  • Braços e pernas moles e sem tônus muscular;
  • Desorientação;
  • Diminuição dos batimentos cardíacos;
  • Perda de consciência, sem resposta quando se tenta mexer e acordar a vítima.

Mesmo que a overdose seja identificada a tempo de pedir ajuda médica, o uso excessivo dessas drogas e a entrada no estado de overdose pode causar danos permanentes no cérebro.

Drogas estimulantes

As drogas estimulantes são responsáveis por aumentar o funcionamento do sistema nervoso, causando estímulo e excitação, e alguns exemplos são cocaína, crack, maconha, LSD, ecstasy, anfetamina, metanfetamina e medicamentos utilizados para reduzir o apetite.

Os sintomas da overdose causados por essas drogas são:

  • Dor no peito;
  • Confusão mental;
  • Dor de cabeça forte;
  • Convulsões;
  • Febre;
  • Dificuldade para respirar;
  • Agitação, paranoia, alucinações;
  • Perda de consciência.

Além disso, é importante lembrar que o usar diversas drogas ao mesmo tempo e não se alimentar bem aumenta o risco de overdose e morte. Veja como é feito o tratamento da overdose.

Mais sobre este assunto: