Nódulo na mama

publicidade

O nódulo na mama, geralmente, é um pequeno "caroço" que nem sempre é sinal de câncer de mama. Na maioria das vezes ele é benigno, sendo um fibroadenoma ou um cisto, mas se pode suspeitar de câncer de mama quando o nódulo possui características malignas e se houver histórico de câncer de mama na família, principalmente em parentes de primeiro grau.

Outros sinais que podem indicar que o nódulo na mama pode ser câncer são as alterações do tamanho ou forma da mama, como por exemplo, o seio ficar deformado ou se um deles ficar maior que o outro.

Ao encontrar um nódulo durante o autoexame da mama, é importante consultar um mastologista e realizar exames como ultrassom ou mamografia, para que o médico identifique se o nódulo é benigno ou maligno e defina o tratamento mais adequado.

Causas do nódulo na mama

O nódulo na mama pode surgir apenas devido a alterações hormonais, desaparecendo depois da menstruação ou surgir devido ao aparecimento de um cisto ou fibrose do tecido mamário. Algumas causas comuns de nódulo na mama podem ser:

  • Alterações fibrocísticas que, geralmente, estão associadas à menstruação e, normalmente, não necessitam de nenhum tratamento específico;
  • Fibroadenoma, que é um tumor benigno na mama mais comum em mulheres jovens, que não é grave, pois raramente vira câncer. Normalmente não necessita de tratamento;
  • Cistos na mama que ocorrem frequentemente em mulheres na pré-menopausa com idade acima dos 40 anos, sendo uma alteração mamária não grave que raramente vira câncer e que não necessita de tratamento específico;
  • Infeções ou lesões mamárias que podem ser tratadas com medicamentos indicados pelo mastologista;
  • Lipoma, que resulta do acúmulo de tecido gorduroso na mama, que não é grave e pode ser retirado através de cirurgia;
  • Câncer de mama, que é mais frequente em mulheres com idade acima dos 50 anos e na menopausa e é caracterizado por um caroço duro na mama, que não desaparece depois da menstruação e não diminui de tamanho, acompanhado por outros sintomas como mudança no tamanho ou no formato da mama. Conheça quais os 12 sintomas do câncer de mama.

Apesar de, na maioria das vezes, o nódulo na mama ser benigno, é importante consultar um mastologista na presença de um caroço na mama.

Quando ir ao médico

É importante que a mulher vá ao médico mastologista quando há:

  • Caroço na mama que dói, aumento do tamanho da mama e aparecimento de vários nódulos durante a menstruação;
  • Caroço na mama mole e que se move facilmente ao toque, sem dor;
  • Caroço duro na mama, que não diminui de tamanho e não desaparece após a menstruação e que está associado a alterações na aparência e no aspecto da mama;
  • O mamilo virou para dentro de repente ou está liberando um líquido, principalmente se for sangue.

O mastologista provavelmente irá examinar as mamas e solicitar os exames de ultrassom ou mamografia para diagnosticar o nódulo na mama.

Exames para o nódulo na mama

Os exames para fazer o diagnóstico do nódulo na mama podem ser a mamografia e a ultrassonografia, mas o médico também pode utilizar a palpação dos seios na consulta.

O resultado da mamografia é padronizado, utilizando o sistema de classificação BI-RADS e, por isso, o resultado do exame pode ser:

  • Categoria 0: exame não conseguiu caracterizar alterações e é necessário outros exames complementares;
  • Categoria 1: resultado normal, devendo ser repetido em 1 ano;
  • Categoria 2: alterações benignas, sem risco de câncer, devendo ser repetido em 1 ano;
  • Categoria 3: alterações provavelmente benignas, com risco de câncer de 3% e é recomendado repetir o exame em 6 meses;
  • Categoria 4: alterações suspeitas de malignidade e o risco de câncer é de 20%, sendo necessária a realização de biópsia e avaliação anatomopatológica do tecido da mama;
  • Categoria 5: alterações provavelmente malignas com risco de câncer de 95%, estando indicada resseção cirúrgica e pode ser realizada biopsia pré-operatória;
  • Categoria 6: diagnóstico histopatológico de câncer de mama estabelecido.

O nódulo na mama hipoecogênico ou hipoecoico é apenas uma expressão que aparece nos relatórios dos exames de imagem, não indicando a gravidade ou malignidade do nódulo.

Tratamentos para nódulo na mama

Após a análise do resultado dos exames, o médico irá orientar o paciente sobre as várias opções de tratamento que incluem o uso de pílulas anticoncepcionais, a aspiração do nódulo com uma agulha, cirurgia para retirada do nódulo ou radioterapia ou quimioterapia em caso de câncer de mama.

Nódulo na mama no homem

O nódulo da mama no homem, geralmente, está associado ao câncer de mama masculino, mas ele também pode ser benigno e, por isso, ao notar a presença de um nódulo, deve-se informar ao médico para realizar exames de diagnóstico para identificar a origem do nódulo.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade