Fezes escuras

PUBLICIDADE

As fezes escuras normalmente estão relacionadas à presença de sangue digerido e, por isso, podem ser um importante sinal de sangramento na parte inicial do sistema digestório, provocado por úlceras ou varizes esofágicas, por exemplo.

No entanto, as fezes negras, ou escuras, também podem surgir em outras situações mais comuns e menos preocupantes, como alimentação rica em ferro, ingestão de suplementos ou uso de alguns remédios.

Assim, sempre que as fezes permanecem escuras por mais de 2 dias é importante consultar um gastroenterologista para fazer exames de fezes ou uma colonoscopia, por exemplo, para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado.

Conheça outras alterações frequentes das fezes em: Cor das fezes.

O que podem ser as fezes escuras

As causas mais comuns de fezes escuras incluem:

1. Ingestão de alimentos ricos em ferro

Fazer uma alimentação muito rica em alimentos como feijão, carne vermelha ou beterraba aumenta os níveis de ferro no organismo, fazendo que o intestino não absorva todo o ferro disponível nos alimentos, sendo eliminado na fezes e provocando uma coloração escura.

No entanto, as fezes escuras que surgem devido à ingestão excessiva normalmente não apresentam um cheiro fétido, como as fezes que se encontram escurecidas devido à presença de sangue, por exemplo.

  • O que fazer: deve-se evitar a ingestão exagerada de alimentos ricos em ferro e observar se as fezes voltam a apresentar uma coloração mais clara. Veja quais os alimentos a evitar em: Alimentos ricos em ferro.

2. Uso de suplementos e remédios

O uso de alguns suplementos, especialmente os de ferro e chumbo, assim com o uso de alguns remédios, como anti-coagulantes ou anti-inflamatórios, podem levar ao escurecimento das fezes cerca de 1 a 2 dias após o início do tratamento.

  • O que fazer: caso a alteração na coloração das fezes surja pouco tempo após iniciar o tratamento com um remédio ou suplemento, ´e recomendado consultar o médico que o prescreveu para trocar o remédio, por exemplo.

3. Problemas no sistema digestório

As fezes escuras também podem ser sinal de presença de sangue e, por isso, nesse caso são chamadas de melenas, apresentando-se como fezes pretas, pastosas e com cheiro forte.

Neste caso, o sangramento geralmente é provocado pela presença de úlceras no estômago ou varizes esofágicas, por exemplo, mas também pode ser sinal de problemas mais graves como câncer no estômago ou intestino.

  • O que fazer: para confirmar a presença de sangue nas fezes escuras, uma boa técnica é colocar água oxigenada no vaso sanitário e, caso surja espuma é sinal da presença de sangue. Nestes casos deve-se consultar um gastroenterologista para fazer exames, como colonoscopia e endoscopia, para diagnosticar o problema e iniciar o tratamento adequado.

Fezes escuras no bebê

As fezes escuras no bebê são normais quando acontecem logo após o parto, sendo chamadas de mecônio. O mecônio é uma substância de cor verde escuro produzida pelo feto durante a gestação, que é expelido nas primeiras horas de vida. Até o sexto dia de vida pode ser normal fezes em tom marrom bastante escuro.

Porém, com o passar de algumas semanas e meses, as fezes vão mudando de cor e textura, especialmente após a introdução de novos alimentos, como mingaus, frutas, legumes, carnes e ovos, por exemplo.

Em alguns casos, nos bebês, pode aparecer uma pequena quantidade de sangue nas fezes, tornando-a mais escura, mas geralmente não é grave, pois são causadas por gripes ou alergia ao leite. No entanto, se isso ocorrer é importante informar o pediatra para que seja identificada a causa e iniciado o tratamento.

Saiba mais em: Porque as fezes do bebê podem ficar escuras.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE