Dor de Estômago

publicidade

A dor no estômago é um sintoma muito comum, que pode surgir em qualquer idade e que tem diversas causas, como gastrite ou excesso de gases, sendo muitas vezes acompanhado por outros sintomas, como vômitos ou azia, por exemplo.

Dor de estômago e gases são um importante sinal de prisão de ventre e, normalmente, pode ser tratado com aumento da ingestão de água e massagens abdominais. Descubra ainda quais os alimentos para prisão de ventre.

Dor de estômago e diarreia pode ser sintoma de gastroenterite, sendo que é recomendado beber muitos líquidos, como água, soro caseiro ou chá e tentar estimular o apetite com alimentos leves, como biscoito maisena, arroz branco ou fruta, por exemplo. Porém, caso surjam outros sintomas como febre, calafrios ou vômitos frequentes é recomendado ir ao pronto-socorro.

Dor de estômago após comer pode ser suspeita de úlcera gástrica ou refluxo gastroesofágico, que provoca também a sensação de azia após comer ou quando se está deitado, sendo que se deve consultar um gastroenterologista, elevar a cabeceira da cama e evitar alimentos gordurosos, como frituras, picanha e embutidos, ou de difícil digestão que aumentam a acidez do estômago, como leite de vaca, pimentão com casca e milho, por exemplo.

Dor de estômago e vômito, geralmente, indica gastrite, mas também pode surgir noutras situações como intoxicação alimentar e, por isso, é importante ir ao pronto-socorro em caso de vômitos recorrentes.

Dor de estômago forte e constante pode ser sinal de problemas em outros órgãos, como a pancreatite ou colecistite e, por isso, deve-se ir ao pronto-socorro, especialmente quando a dor é incapacitante.

Dor de estômago após endoscopia é normal, porque durante o exame, o médico injeta no estômago que pode ser difícil de ser eliminado, podendo causar desconforto durante algumas horas.

Assim, qualquer dor de estômago que dure mais de 48 horas deve ser avaliada por um gastroenterologista para se iniciar o tratamento adequado, principalmente se a dor estiver associada a perda de peso, vômitos ou fezes com sangue, pois estes sintomas podem indicar câncer de estômago.

Dor de estômago na gravidez

A dor de estômago na gravidez é um sintoma muito frequente na gestação causado pela presença de gases dentro do estômago. Assim, é recomendado que a grávida evite utilizar roupas muito apertadas ou comer refeições muito grandes e gordurosas. Para aliviar a dor de estômago na gravidez, uma boa dica é tomar chá de erva cidreira com funcho, por exemplo.

​​Caso a dor de estômago não passe após estes cuidados, é importante informar o médico obstetra para que ele avalie a possiblidade de outras causas e indique a ingestão de algum medicamento, se necessário.

O que fazer na dor de estômago

O que se pode fazer na dor de estômago é repousar com a cabeça mais alta do que o corpo e tomar chá de espinheira santa ou comer uma batata crua, por exemplo. Saiba mais soluções para aliviar a dor de estômago em: O que fazer para dor de estômago.

Porém, quando a dor se mantém, o médico gastroenterologista deve ser consultado pois pode ser necessário tomar remédios antiácidos, como Ranitidina, remédios antieméticos, como Metoclopramida ou anti-espasmódicos, como o Buscopan.

O tratamento para dor no estômago deve ainda incluir uma dieta leve, à base de saladas, frutas e sucos de frutas, como melancia, melão ou mamão, evitando comer alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 21/09/2014 Última atualização da página: 29/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.