Domperidona (Motilium)

PUBLICIDADE

Bula de Domperidona (Motilium)

A domperidona é um medicamento para tratar a má digestão, a náusea e os vômitos de adultos e crianças, por períodos inferiores a uma semana.

Este medicamento pode ser encontrado com os nomes comerciais de Motilium, Peridal ou Peridona ou como genérico e, é produzido pelos laboratórios Medley, EMS, Eurofarma, por exemplo, sob a forma de comprimidos ou suspensão oral.

Preço da Domperidona

O preço da domperidona varia entre 6 e 45 reais dependendo da dosagem da fórmula.

Indicações da Domperidona

A domperidona está indicada para pacientes com refluxo gástrico, esofagite, eructação, flatulência, náuseas e vômitos, azia, queimação no estômago.

Este medicamento permite a passagem mais rápida do alimento pelo esôfago e pelo estômago, impedindo que ocorra o refluxo.

Modo de uso da Domperidona

A domperidona deve ser tomada 15 a 30 minutos antes das refeições. Também pode ser ingerida após as refeições, porém, a sua absorção é menor.

Para adultos e adolescentes com peso superior a 35 Kg, é indicado 10 mg até 3 vezes ao dia, por via oral. Já em doentes pediátricos ou com menos de 35 Kg, é de 0,25 mg/kg de peso corporal até 3 vezes por dia, oralmente.

Efeitos colaterais da Domperidona

Normalmente, a domperidona não causa quaisquer efeitos secundários, porém, em alguns casos pode provocar dor de cabeça, sonolência, diarreia, erupção cutânea, urticária, cólica, aumento das mamas em homens.

Em casos especiais, pacientes anteriormente tratados com neurolépticos como, clorpromazina, haloperidol, levomepromazina, pimozida, pipotiazina, reserpina, sulpirida ou hipersensíveis à domperidona podem apresentar espasmos musculares localizados ou generalizados.

Contraindicações da Domperidona

A domperidona está contraindicada para pacientes com intolerância conhecida à domperidona ou a qualquer um dos seus excipientes, em casos de hemorragia gastrintestinal e tumor hipofisário secretor de prolactina

A administração em conjunto de domperidona e cetoconazol, um medicamento utilizado para tratar infeções fúngicas é contraindicada. Durante a gravidez e a amamentação não existem estudos que comprovem a sua eficácia, devendo ser evitado o seu uso. N\ao devem ser ingeridos por doentes com insuficiência hepática grave ou moderada ou doentes que tenham alterações alterações no ritmo cardíaco.

Além disso, o medicamento não deve ser utilizado para outras indicações, como distensão abdominal e azia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE