Melhorando a produção de leite materno

PUBLICIDADE

Para melhorar a produção de leite materno é importante que a mulher que amamenta beba cerca de 3 a 4 litros de líquidos por dia, faça uma alimentação equilibrada rica em frutas, vegetais e cereais integrais, e também aumente a frequência e a duração das mamadas, para estimular o reflexo do hormônio prolactina que aumenta a produção de leite materno.

Quanto mais o bebê mama, mais leite a mãe produz, e por isso a mãe deve deixar o bebê mamar o maior número de vezes possível, de 10 ou mais vezes, num período de 24 horas, sempre que o bebê quiser, mesmo à noite. 

É importante manter a amamentação até mesmo em caso de mastite ou bico do seio machucado porque a sucção do bebê também ajuda a tratar estas situações. Veja: Como solucionar problemas comuns da amamentação.

5 Dicas para produzir mais leite materno

As dicas a seguir devem ser seguidas todos os dias para garantir a produção de mais de 500 ml de leite por dia:

  1. Beber água: A ingestão de 3 a 4 litros de líquidos por dia como água, sucos e sopas garante uma boa produção de leite. Deve-se sempre tomar 1 copo de água, chá ou suco, antes de depois de dar de mamar.
  2. Olhar para o bebê: Ficar olhando para o bebê enquanto ele mama libera mais hormônios na corrente sanguínea e consequentemente aumenta a produção de leite.
  3. Alimentação adequada: Coma alimentos ricos em água como a gelatina e frutas como laranja, melão e melancia e também alimentos que fornecem bastante energia como canjica, castanha e bacalhau.
  4. Relaxe: Descansar sempre que possível garante que o corpo tenha energia para produção de leite. Aproveite para ficar sentada no cadeirão da amamentação quando acabar de amamentar e evite as tarefas domésticas. Veja boas dicas em: Como relaxar depois do parto para produzir mais leite.
  5. Ajuda extra: Tomar um suplemento chamado Silimarina, à base de cardo-mariano, de 3 a 5 vezes por dia, pode ajudar a produzir mais leite. Converse com o pediatra sobre esta possibilidade. O chá de hortelã também ajuda a produzir mais leite.

A mulher pode saber que está produzindo leite suficiente para o bebê se o bebê estiver aumentando de peso de forma adequada. Se nas consultas com o pediatra o médico achar que o bebê não está ganhando peso suficiente poderá orientar o uso da mamadeira com leite adaptado para completar a amamentação ou como forma de substituição.

O bebê deve mamar exclusivamente até os 6 meses e embora a mãe possa ter que voltar a trabalhar antes desta recomendação, o bebê poderá continuar tomando o leite da mãe na mamadeira se a mãe tirar o leite em casa e no trabalho e entregar a quem ficar tomando conta do bebê. Veja como garantir a amamentação em: Como manter a amamentação após a volta ao trabalho.

Links úteis:

PUBLICIDADE