Desmaio

publicidade

O desmaio, ou síncope, pode ser definido como uma perda súbita e breve da consciência que ocorre quando o oxigênio e os nutrientes não conseguem chegar ao cérebro.

Normalmente, o desmaio dura menos de 1 minuto e o indivíduo recupera facilmente, porém quando o desmaio durar mais tempo, deve-se chamar ajuda médica, pois ele pode ser sintoma de um problema mais grave, como hemorragia interna ou doença neurológica.

Saiba quais os primeiros socorros para desmaio em: O que fazer em caso de desmaio.

O desmaio repentino é causado, geralmente, por uma diminuição acentuada da pressão arterial, especialmente quando o indivíduo que estava deitado, se levanta rapidamente. No entanto, existem outras causas de desmaio como:

  • Desidratação;
  • Diarreia frequente e intensa;
  • Dor intensa;
  • Medo ou nervosismo intensos;
  • Uso de drogas ou álcool;
  • Efeitos colaterais de medicamentos;
  • Convulsão;
  • Diminuição do açúcar no sangue;
  • Anemia;
  • Estar muito tempo em lugares fechados e quentes;
  • Prática intensa de exercício físico;
  • Problemas cardiovasculares ou neurológicos.

É importante identificar a causa de desmaio, principalmente, se ele ocorrer mais que uma vez em uma semana.

O desmaio na gravidez é causado, normalmente, por uma diminuição repentina da pressão arterial, no entanto, a grávida deve avisar o obstetra, que acompanha a gravidez, do episódio de desmaio.

Sintomas de desmaio

Os sintomas que podem indicar que o indivíduo vai desmaiar incluem:

  • Palidez e fraqueza;
  • Suor;
  • Enjoo;
  • Vontade de vomitar;
  • Tontura;
  • Visão embaçada.

É frequente o indivíduo vomitar após o desmaio, por isso, deve-se colocá-lo de lado para evitar que ele se asfixie.

Links úteis:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 25/07/2014 Última atualização da página: 01/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.