Dente-de-leão

publicidade

O dente-de-leão é uma planta medicinal da família da Asteraceae, cujo nome científico é Taraxacum officinale. É natural da Europa, disseminada por todo o mundo em pastagens à beira de caminhos ou mesmo em fendas no asfalto. Seus caules podem alcançar 40 cm de comprimento, com produção de flores amarelas que segregam uma espécie de goma.

Dente-de-leão também é conhecido por: Amor-dos-homens, o-teu-pai-é-careca, bufasa de lobo, coroa-de-monge, quartilho, taráxaco.

Para que serve dente-de-leão

Desintoxicação e drenagem, má digestão, flatulência, estimulador do apetite, ajudar no controle da diabetes.

Propriedades do dente-de-leão

Rica em esteróis, flavonoides, minerais, cumarinas, sarotinóides, taraxinas; contém 2% de insulina nas suas raízes.

Modo de uso do dente-de-leão

Para fins medicinais são utilizadas apenas as folhas jovens e a raiz em forma de chá, suco ou tintura.

  • Chá: 15 g de erva para cada 250 ml de água fervente. O chá deve ser ingerido de 2 a 3 vezes por dia.
  • Culinária: As folhas jovens da planta são um ingrediente saboroso e saudável em saladas. As pétalas da flor podem ser usadas para preparar creme para passar no pão.

Efeitos colaterais do dente-de-leão

Pode causar azia e diarreia.

Contra indicações do dente-de-leão

Hipertensão descontrolada, usar com cautela em caso de esofagite e hérnia de hiato.

Atenção: A goma produzida pela planta em contacto com a pele, além de manchar, pode causar alergias cutâneas.

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última atualização do site: 23/07/2014 Última atualização da página: 09/07/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.