Brotoeja

publicidade

A brotoeja é uma doença de pele caracterizada por pequenas manchas vermelhas e bolhinhas na pele, que causam coceira e ardor, como se tivesse sentindo picadas na pele, mais frequente no rosto, pescoço, costas, peito e coxas.

A brotoeja não é grave e tende a desaparecer naturalmente, não existindo, por isso, um tratamento específico. Porém, para aliviar a coceira e a irritação, deve-se adotar alguns cuidados como manter a pele limpa e seca, tomar um banho frio ou aplicar loção de calamina, por exemplo.

A brotoeja ocorre quando as glândulas de suor do corpo ficam bloqueadas e o corpo transpira mais que o normal. Por isso, a brotoeja é muito comum em bebês, principalmente recém-nascidos porque ainda têm as glândulas de suor pouco desenvolvidas, podendo também aparecer em adultos, especialmente quando o clima está quente e se pratica exercício físico intenso.

Fotos da brotoeja

Fonte: Centers for Disease Control and Prevention

Como tratar a brotoeja

Não existe um tratamento para brotoeja porque ela tende a desaparecer naturalmente. No entanto, para aliviar os sintomas como coceira e irritação, é importante adotar alguns cuidados como:

  • Evitar a exposição solar;
  • Usar ventilador em casa;
  • Evitar sair de casa, especialmente se tiver muito calor. Se necessário, colocar boné e andar pela sombra;
  • Usar roupas frescas, largas e de algodão;
  • Dar um banho de água morna no bebê ou tomar um banho frio com um sabonete neutro, sem fragrâncias ou corantes e depois deixar a pele secar naturalmente, sem usar toalha;
  • Evitar o exercício físico até a brotoeja passar;
  • Aplicar compressas frias no corpo;
  • Aplicar loção de calamina na pele, vendida com o nome comercial Calamyn, a partir dos 2 anos de idade.

Nos casos em que a brotoeja não passa com estas medidas, é recomendado consultar um dermatologista, no caso de brotoeja no adulto ou um pediatra, no caso de brotoeja no bebê para orientar o uso de cremes anti-alérgicos como o Polaramine ou remédios anti-histamínicos.

Quando ir no médico

É necessário levar o bebê ao pediatra, consultar um dermatologista ou ir ao pronto-socorro quando:

  • As manchas e as bolhinhas aumentam de tamanho e em quantidade;
  • As bolhinhas começam formando ou liberando pus;
  • As manchas ficam mais vermelhas, inchadas, quentes e doloridas;
  • O indivíduo ou o bebê fica com febre acima de 38ºC;
  • Aparecem ínguas na axila, virilha ou pescoço.

Estes sintomas podem indicar que as bolhas da brotoeja infeccionaram e, nestes casos, é necessário que o médico prescreva um antibiótico para tratar a infecção.

Veja outras formas caseiras para aliviar a coceira e a irritação da brotoeja em:

publicidade
publicidade