Como saber se a Tireoide está funcionando corretamente

PUBLICIDADE

Para saber se a tireoide está funcionando corretamente é necessário avaliar as quantidades de hormônios, como TSH, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) e, para isso, o endocrinologista deve indicar a realização de um exame de sangue de laboratório pelo menos 1 vez por ano para detetar precocemente alterações.

Geralmente, quando a tireoide está funcionando corretamente a quantidade de TSH varia entre 0,3 e 0,4 mU/L e o valor de referência para T3 total é de 80 a 180 ng/dl e de T4 é varia entre 4,5 e 12,6 mg/dl.

Na maioria dos casos, as alterações na tireoide, como hipo ou hipertiroidismo, causam sintomas que vão surgindo lentamente e que podem ser confundidos com sinais comuns a outras doenças, como perda de peso, agitação, tremores e suores, por exemplo.

Valores de referência dos hormônios da tireoide

Segue-se uma tabela com os valores de referência que indicam o funcionamento normal da tireoide.

Hormônio da TireoideValor de Referência
TSH0,3 e 0,4 mU/L
T3 Total80 a 180 ng/dl
T3 Livre23 a 50 pg/ml

T4 Total

4,5 a 12,6 mg/dl
T4 Livre0,7 a 1,8 ng/dl

Estes valores podem variar com o laboratório onde o exame é feito, e quando os valores do exame de sangue são diferentes dos valores de padrão é fundamental ir no médico ou endocrinologista para fazer exames mais especificos.

Quais são os exames para avaliar a tireoide?

Para avaliar a tireoide o médico indica a realização de um exame de sangue e, no caso de verificar algum valor alterado recomenda a realização de uma ecografia ou biopsia para identificar a causa e confirmar o diagnostico médico e recomendar o tratamento mais adequado.

Quando é preciso avaliar a tireoide?

Deve-se fazer um exame de sangue 1 vez por ano no qual se deve incluir a avaliação dos hormônios responsáveis por controlar a tireoide. Além disso, é preciso avaliar a tireoide:

  • de 5 em 5 anos a partir dos 35 anos;
  • na gravidez;
  • durante o tratamento com remédios como lítio, amiodarona ou citocinas;
  • depois de fazer radiação no pescoço ou cabeça para tratar o câncer;
  • quando se tem doenças como colesterol elevado, apneia do sono, depressão ou demência.

Além disso, quando se verificam alterações na tireoide o médico recomenda a realização de exame de sangue pelo menos de 3 em 3 meses.

Principais alterações da tireoide

As principais alterações na tireoide que levam à modificação dos valores normais dos hormônios TSH, T3 e T4 são o hipotireoidismo, hipertireoidismo e câncer de tireoide.

Alterações da tireoide
Alterações da tireoide

Hipotiroidismo - pouca atividade da tireoide

O hipotiroidismo caracteriza-se pela baixa atividade da tireoide, verificando-se uma diminuição da quantidade dos hormônios T3 e T4 livre e aumento do TSH.

Este problema é mais comum em mulheres, principalmente após fazer radioterapia na cabeça ou pescoço, depois de remover a tiroide ou quando ocorre inflamação da tireoide e causa sintomas como pele seca, voz rouca, queda de cabelo e cansaço extremo.

Hipertiroidismo - funcionamento elevado da tireoide

Quando o funcionamento da tireoide é exagerado chama-se de hipertiroidismo, verificando-se aumento da quantidade do T3 e T4 e diminuição do TSH, causando sinais como perda de peso mantendo a vontade de comer, sudorese, tremores, agitação e palpitações.

Câncer de Tireoide

O câncer de tireoide causa sintomas como nódulo no pescoço, dor na garganta, rouquidão e tosse e o tratamento é feito na maioria dos casos com cirurgia, iodoterapia e hormonoterapia.

Para confirmar a suspeita de câncer é necessário realizar outros exames como ultrassonografia e biópsia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE