Tratamento para andropausa

publicidade

O tratamento para a andropausa é feito através da reposição hormonal, com o uso de medicamentos que aumentam a taxa de testosterona no sangue. Este tratamento pode ser realizado, sob o uso diário de comprimidos, uso contínuo de um adesivo que se coloca na pele; injeções mensais de testosterona ou aplicação diária de um gel à base de testosterona.

A reposição hormonal é indicada se além dos sintomas típicos da andropausa o exame de sangue confirmar os níveis séricos de testosterona total abaixo de 300mg/dl ou 6,5 mg/dl³.

Reposição hormonal na andropausa

Para a reposição hormonal na fase da andropausa, recomenda-se:

  • Comprimidos de testosterona: O undecanoato de testosterona, é indicado para o tratamento da andropausa pois é capaz de diminuir seus sintomas e possui poucos efeitos colaterais.
  • Adesivo de testosterona: Deve ser aplicado sob área escrotal depilada ou fora da área escrotal, porém neste último caso, pode não aderir suficientemente na pele e não alcançar os objetivos pretendidos.
  • Gel de testosterona: O gel de dihidrotestosterona  deve ser aplicado diariamente sempre no mesmo local. É rápido e eficiente, porém pode causar reação alérgica.
  • Implante subcutâneo de testosterona: Não devem ser utilizados em idosos pelo risco de infecção local, mas pode ser utilizado em caso de hipogonadismo, proporcionando níveis estáveis e fisiológicos de testosterona no sangue.
  • Injeções de testosterona: São as mais econômicas e utilizadas no Brasil, feitas à base de ésteres de testosterona, enantato e cipionato de testosterona em formulação oleosa de longa duração. Geralmente aplica-se 1 dose por mês.

Ao realizar a reposição hormonal na andropausa deve-se verificar os níveis de testosterona total no sangue antes de iniciar o tratamento e logo após seu início. Três e seis meses após o início da terapêutica escolhida deve-se realizar o exame toque retal e a dosagem do PSA para verificar se houve alterações importantes, e se isto for verificado o paciente deve ser encaminhado para um urologista.

Contra-indicações da reposição hormonal na andropausa

Nem todos os homens podem fazer este tratamento, especialmente se eles tiverem câncer de mama ou de próstata ou membros da família próximos que desenvolveram estas doenças.

Links úteis:

publicidade

Atenção: O Tua Saúde é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre de temas relacionados com saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento sem antes consultar um profissional de saúde.

Última data de atualização do site: 15/04/2014 Última data de atualização da página: 27/01/2014
© 2007 - 2014 Tua Saúde - Todos os direitos reservados.