Tratamento da asma

publicidade

O tratamento da asma deve ser orientado por um pneumologista, pois é importante adaptar o tipo de tratamento e os remédios utilizados aos sintomas e tipo de asma de cada paciente.

Normalmente, o tratamento da asma inclui sempre o uso de medicamentos para controlar a asma ao longo do tempo e outros remédios para aliviar rapidamente as crises de asma com sintomas como falta de ar ou tosse seca, por exemplo.

Veja uma lista mais completa dos remédio utilizados na asma em: Remédios para asma.

Remédios para tratar a asma ao longo do tempo

Os remédios para tratar a asma ao longo do tempo ajudam a controlar a inflamação crônica do trato respiratório, evitando o surgimento dos sintomas de asma. Os remédios mais utilizados incluem:

  • Corticoides, como Flunisolida ou Budesonida: são inalados através de "bombinhas de asma" todos os dias para diminuir a sensibilidade dos pulmões a alergênios que provocam sintomas de asma, como poeira, pólen ou pêlo;
  • Broncodilatadores de longa ação, como Salmeterol ou Formoterol: podem ser utilizados ao mesmo tempo que os corticoides para facilitar a abertura das vias respiratórias e melhorar a respiração;
  • Teofilina: é um comprimido que deve ser ingerido todos os dias para relaxar a musculatura dos pulmões e facilitar a entrada de ar nas vias respiratórias.

Este tipo de remédios deve ser tomado diariamente para controlar a asma e, por isso, quando o tratamento é interrompido ou abandonado, os sintomas da asma tendem a voltar a aparecer ou piorar.

Remédios para aliviar as crises de asma

Os remédios para aliviar as crises de asma, como Salbutamol ou Fenoterol, só devem ser utilizados quando surgem sintomas de asma, como falta de ar e chiado, por exemplo.

Normalmente, os remédios para aliviar as crises de asma são broncodilatadores de curta ação que abrem imediatamente as vias respiratórias, permitindo que o paciente respire mais facilmente.

Os remédios para aliviar as crises de asma devem ser sempre transportados com o paciente, na bolsa ou no bolso da calça, por exemplo, para que possam ser utilizados imediatamente em situações de emergência.

Como evitar o surgimento dos sintomas de asma

Além dos remédios receitados pelo médico,é importante ter outros cuidados que ajudam a evitar o desenvolvimento dos sintomas da asma, como:

  • Evitar ter animais que tenham pêlo dentro de casa;
  • Manter a casa limpa e livre de sujeiras ou poeira;
  • Evitar objetos desnecessários dentro de casa, para evitar o acúmulo de poeira;
  • Praticar exercícios físicos, pelo menos, 3 vezes por sema. Veja a atividade física mais indicada em: Os melhores exercícios físicos para asma.
  • Tomar a vacina da gripe antes de cada inverno.

No caso de crianças com asma também é recomendado ter cuidados especiais com a preparação do quarto e com os brinquedos utilizados. Veja o que se

Sinais de melhora da asma

Os sinais de melhora da asma surgem algumas semanas após o início do tratamento e incluem, principalmente, a redução na frequência de crises de asma. Além disso, também é possível avaliar a eficácia do tratamento através do uso de um pequeno aparelho, chamado Peak Flow, que verifica o valor do fluxo respiratório, sendo que quando aumenta é porque o tratamento está fazendo efeito.

Sinais de piora da asma

Os sinais de piora da asma surgem quando o tratamento não está sendo feito de forma adequada ou se está exposto a alergênios, como poeira ou pêlo de animais, e incluem sintomas característicos da crise de asma como dificuldade para respirar, chiado, tosse seca.

Saiba mais sobre como evitar as crises de asma em:

publicidade
Dicas por Email

Dicas Grátis de Saúde, Nutrição, Emagrecimento e muito mais.

publicidade