Veja como tratar a estomatite aftosa

PUBLICIDADE

A estomatite aftosa é o nome que se dá aos 3 tipos de aftas existentes: estomatite aftose menor, popularmente conhecida como afta, estomatite aftose maior e estomatite aftose herpética. Todas elas se manifestam através de uma feridinha dolorosa que aparece na bochecha, língua ou garganta, de forma circular, rasas, com até 5 milímetros de diâmetro com duração de 10 a 14 dias.

A principal diferença entre elas são as suas causas, a quantidade de lesões ao mesmo tempo e com que frequência surgem, sendo que a aftas são mais comuns, representando 80% dos casos.

A estomatite aftosa não é contagiosa e geralmente não necessita de nenhum tratamento específico porque cura-se sozinha em poucos dias, embora seja bastante dolorosa.

O que fazer para tratar a estomatite aftosa

O que se pode fazer para aliviar a dor causada pela estomatite aftosa inclui:

  • Manter a boa higiene oral, escovando os dentes, usando fio dental e antisséptico bucal;
  • Fazer bochechos de água morna e sal após escovar os dentes;
  • Usar os medicamentos receitados pelo médico ou farmacêutico;
  • Evitar alimentos muito quentes como as sopas;
  • Evitar alimentos ácidos e salgados.

No caso da estomatite aftosa nas crianças o tratamento pode ser feito com a ingestão de alimentos líquidos ou pastosos, de preferência frios, não sendo necessário utilizar remédios.

Remédios para curar a estomatite aftosa mais rápido

Alguns exemplos de remédios indicados para o tratamento da estomatite aftosa são:

  • Acetonido de triancinolona;
  • Fluonamida;
  • Clobetasol ou halbetasol;
  • ​Elixir de dexametasona para gargarejos ou bochechos;
  • Spray de dipropionato de beclometasona;
  • Clorexidine;
  • ​Tetraciclina para bochechos;
  • Cimetidina.

Os remédios como antibióticos e anti-inflamatórios estão reservados para os casos mais graves, quando o paciente possui muitas aftas na boca, que se manifestam de forma recorrente, e só devem ser tomados sob prescrição médica.

Quando ir no médico

É aconselhado ir ao médico quando apresentar situações como febre, aumento do número de aftas ou quando a afta dura mais de 1 semana. Consulte um dentista se tiver dentes com pontinhas muito afiadas que estejam machucando a boca ou próteses dentárias porque elas também podem causar aftas.

Veja mais dicas para eliminar as aftas:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE