Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Estudos recentes indicam que o zika vírus pode prevenir o câncer de próstata

Dezembro 2019

Um grupo de pesquisadores verificou em laboratório a capacidade do vírus inativado do Zika em diminuir a taxa de proliferação das células cancerosas responsáveis pelo câncer de próstata, isso porque já havia sido verificada a habilidade do Zika vírus em interromper a proliferação celular e sugerido o seu potencial "anti-câncer".

Apesar dos resultados positivos, ainda são necessários mais estudos para que seja comprovada a eficácia do Zika vírus inativado no combate ao câncer de próstata, pois o efeito visualizado em laboratório, em que as condições são controladas, podem não ser os mesmos nos seres vivos.

Estudos recentes indicam que o zika vírus pode prevenir o câncer de próstata

O que foi feito

Estudos anteriores foram realizados com o objetivo de verificar a eficiência do Zika vírus inativado no combate a tumores neurais, como o glioblastoma, uma vez que já é bem estabelecido que esse vírus possui tropismo pelas células neuronais. Foi verificado também que há possibilidade de transmissão desse vírus por via sexual, sugerindo que o Zika também pode possuir predileção pelas células do sistema reprodutor.

Devido a isso, foi sugerido pelos autores a verificação da eficácia desse vírus no controle e combate do câncer de próstata, assim como foi realizado para o glioblastoma. Para isso, obtiveram uma linhagem viral de um paciente infectado em 2015 e realizaram o processo de inativação viral, que consiste no aquecimento do vírus a altas temperaturas para que deixe de ser infectante. Em seguida, esses vírus inativados foram colocados em contato com uma cultura de células tumorais relacionados com o câncer de próstata por cerca de 24 a 48 horas.

Após o período estabelecido, os pesquisadores compararam a cultura de células tumorais em contato com o vírus inativado com outra cultura de células tumorais que não foi exposta ao vírus e verificaram que na primeira houve redução na taxa de proliferação das células, demonstrando que o zika vírus tem efeito sobre as células envolvidas no câncer de próstata.

Próximos passos

Agora que já se sabe o potencial do Zika vírus em diminuir a taxa de replicação das células responsáveis pelo câncer de próstata, o próximo passo a ser seguido pelos pesquisadores é o teste em animais, isso porque o comportamento desse vírus inativado em um ser vivo pode ser diferente do seu comportamento em um meio de cultura em que as condições são controladas.

No caso de ser verificado que o zika vírus inativado e também eficaz na prevenção e tratamento do câncer de próstata em animais, é proposta a realização dos testes em humanos. No entanto, essa fase do experimento ainda não está estabelecida e nem possui prazo para acontecer, uma vez que depende do sucesso dos testes em animais.

Bibliografia >

  • DELAFORI, Jeany et al. Molecular signatures associated with prostate cancer cell line (PC-3) exposure to inactivated Zika virus. Scientific Reports. 9 ed; 2019
  • OLIVEIRA, Diogo N. et al. Infammation markers in the saliva of infants born from Zika-infected mothers: exploring potential mechanisms of microcephaly during fetal development. Scientific Reports. 9 ed; 2019
  • KAID, Carolini et al. Zika Virus Selectively Kills Aggressive Human Embryonal CNS Tumor Cells In Vitro and In Vivo. Cancer Research. Vol 78. 12 ed; 3363-3374, 2018
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem