Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Viagra feminino existe mesmo?

Foi aprovado em Junho de 2019, pela FDA, um medicamento chamado Vyleesi, indicado para o tratamento do transtorno do desejo sexual hipoativo em mulheres, que tem sido confundido com o remédio Viagra, que é indicado para homens com disfunção erétil, também conhecida por impotência sexual, sendo que, estas duas condições também não devem ser confundidas.

Embora ambos os medicamentos contribuam para melhorar a vida sexual, eles são muito diferentes e agem também de formas distintas. O Viagra atua no organismo, aumentando o fluxo de sangue no corpo cavernoso do pênis, auxiliando na obtenção e manutenção de uma ereção, enquanto o Vyleesi atua no cérebro, regulando o humor e o pensamento.

O Vyleesi é um medicamento que contém uma substância ativa chamada de bremelanotide, e está disponível em injeção subcutânea, mas ainda não é comercializado no Brasil.

Viagra feminino existe mesmo?

Como funciona

Pensa-se que o Vyleesi funciona através da ativação dos receptores de melanocortina, que parecem estar envolvidos em muitas funções cerebrais diferentes, incluindo a regulação do humor e do pensamento.

Este medicamento não é um viagra feminino, já que age de uma forma completamente diferente e está também indicado para condições distintas.

Como se deve usar

O Vyleesi é um remédio indicado para mulheres com Transtorno do Desejo Sexual hipoativo, e deve ser administrado por via subcutânea, na dose de 1,75 mg, no abdômen, cerca de 45 minutos antes da atividade sexual, não se devendo administrar mais do que uma dose a cada 24 horas, nem mais do que 8 doses por mês.

Quem não deve usar

Este medicamento não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, grávidas ou lactantes. Além disso, também não é recomendado para pessoas com hipertensão não controlada ou doença cardiovascular.

Possíveis efeitos colaterais

Um dos efeitos colaterais muito frequente que ocorre aquando da administração de Vyleesi é a náusea, que se manifesta em quase metade das pessoas que tomam este remédio.

Outros efeitos colaterais que podem ocorrer incluem vermelhidão, dor de cabeça, vômitos, fadiga, tonturas, reações no local da injeção, tosse e congestão nasal.

Além disso, pode ainda ocorrer um aumento da pressão arterial, que volta ao normal em cerca de 12 horas.

Assista também o vídeo seguinte e saiba quais os alimentos que podem ajudar a melhorar o desejo sexual:

Bibliografia >

  • AMAG PHARMACEUTICALS, INC. . VYLEESI (bremelanotide injection), for subcutaneous use . 2019. Disponível em: <https://www.accessdata.fda.gov/drugsatfda_docs/label/2019/210557s000lbl.pdf>. Acesso em 05 Dez 2019
  • OPTUM RX. Vyleesi™ (bremelanotide) – New drug approval. 2019. Disponível em: <https://professionals.optumrx.com/content/dam/optum3/professional-optumrx/news/rxnews/drug-approvals/drugapproval_vyleesi_2019-0624.pdf>. Acesso em 05 Dez 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem