Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Vascularização fetal persistente

A vascularização fetal persistente, conhecida cientificamente como persistência hiperplásica do vítreo primitivo, é uma malformação rara nos olhos do bebê, que provoca o surgimento de uma membrana branca dentro do olho da criança.

Geralmente, a vascularização fetal persistente é mais comum em bebês prematuros e não está relacionada com fatores genéticos, sendo que não passa de pais para filhos.

A vascularização fetal persistente pode ser tratada através de cirurgia, mas dependendo da gravidade do caso, o bebê pode desenvolver algumas complicações, como dificuldade para enxergar, estrabismo ou glaucoma, por exemplo.

Olho com aspecto normal
Olho com aspecto normal
Olho com mancha branca suspeita de vascularização fetal
Olho com mancha branca suspeita de vascularização fetal

Como identificar a vascularização fetal

Pode-se identificar a vascularização fetal através da presença de uma mancha branca por trás do cristalino, como mostram as imagens, mas também pode ser suspeitado pelo pediatra nas primeiras horas após o nascimento com a realização do teste do olhinho.

Tratamento para vascularização fetal

O tratamento para a vascularização fetal deve ser feito através de cirurgia para retirada da membrana branca dos olhos e correção de qualquer complicação.

Além disso, crianças com vascularização fetal persistente devem ser acompanhadas por um oftalmologista que indicará o melhor tratamento e dará outras dicas como:

  • Usar chapéus e óculos de sol quando sair na rua;
  • Oferecer livros com letras grandes para a criança;
  • Dar brinquedos de tamanho grande e que sejam facilmente vistos;
  • Perceber até onde a criança consegue enxergar e utilizar esse espaço para interagir com ela.

Geralmente, o médico pediatra ou neonatologista procura identificar os casos suspeitos de vascularização fetal o mais cedo possível para ajudar a criança a interagir melhor com o mundo a sua volta.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...