Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Entenda quando a vacina da Rubéola pode ser perigosa

A vacina contra a Rubéola que é produzida a partir do vírus vivo atenuado, faz parte do plano nacional de vacinação, e tem muitas condições para ser aplicada. Esta vacina, conhecida por Vacina Tríplice Viral, pode ser perigosa nas seguintes situações:

  • Hipersensibilidade aos componentes da vacina;
  • Indivíduos imunodeficientes, como infecção sintomática pelo HIV ou câncer, por exemplo;
  • Grávidas ou mulheres que pretendem engravidar
  • História familiar de doenças alérgicas e/ou convulsões;
  • Doença febril aguda grave;
  • Se administrada na veia;
  • Problemas de intolerância hereditária à frutose.

Veja ainda os sintomas que a rubéola pode causar.

Entenda quando a vacina da Rubéola pode ser perigosa

Como funciona esta vacina

A Vacina Tríplice Viral é utilizada na prevenção de rubéola, mas além disso, também previne o sarampo e a caxumba, ou seja, a vacina estimula o organismo a produzir defesas contra estes tipos de vírus e prevenir estas doenças no futuro. A vacina se destina a prevenção e não ao tratamento. 

Porque grávidas não podem tomar a vacina

A vacina contra rubéola não deve ser administrada em mulheres grávidas ou que estejam tentando engravidar porque a vacina pode levar a mal formações no bebê. Assim, todas as mulheres em idade fértil só devem tomar a esta vacina após se certificar de que não estão grávidas realizando um teste de gravidez.

Se a mulher tomar a vacina contra rubéola durante a gravidez ou se engravidar em menos de 1 mês, o bebê pode nascer com defeitos congênitos como cegueira, surdez e retardo mental, que caracterizam a rubéola congênita. Saiba tudo sobre esta doença.

A melhor forma de saber se o bebê possui alguma alteração é fazendo o pré-natal e realizando todos os exames, incluindo a ultrassonografia para avaliar o seu desenvolvimento em cada trimestre da gestação. Existem também relatos de mulheres que tomaram esta vacina durante a gravidez, sem saber que estavam grávidas, e o bebê nasceu saudável, sem apresentar nenhuma alteração.

Efeitos colaterais da vacina

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ser causados pela Vacina Tríplice Viral são vermelhidão no local da injeção, febre, infecção do trato respiratório superior, rash cutâneo, dor e edema no local da injeção. 

Saiba mais sobre esta vacina e possíveis efeitos colaterais.

Vacina contra rubéola pode causar microcefalia?

A vacina contra rubéola não está diretamente relacionada à microcefalia, no entanto, esta alteração cerebral está relacionada a presença de doenças infecciosas durante a gestação e por isso, apesar de ser pouco provável, existe essa possibilidade, já que a vacina possui o vírus, que embora seja atenuado, ainda esteja vivo.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Carregando
...