Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Trombose no cordão umbilical

A trombose no cordão umbilical é um acontecimento raro e o fato de ter acontecido uma vez, não significa que ocorra nas gestações seguintes.

Trata-se da formação de um coágulo de sangue, em alguma parte do cordão umbilical, que pode ocorrer durante a gravidez ou parto, fazendo com que o oxigênio e os nutrientes não cheguem em quantidades suficientes ao feto, podendo levar a abortamento, morte fetal e prematuridade.

Causas da trombose no cordão umbilical

A trombose umbilical não tem causa determinada, mas pode ocorrer após cordocentese, que é um exame orientado em alguns casos pelo obstetra para detectar doenças.

Além disso, caso a mulher tenha problemas de coagulação do sangue, como trombofilias tem maior risco de desenvolver coágulos devido a alterações no sangue, como déficit de antitrombina, déficit de proteína C, déficit de proteína S e alteração do fator V de Leiden.

Quando pode ocorrer trombose do cordão umbilical?

A trombose do cordão umbilical pode surgir durante a gravidez, logo no inicio da gestação, próxima do fim ou mesmo durante o parto.

Durante o parto pode ser detectada a trombose do cordão umbilical, e no hospital, pode ser mais fácil salvar a vida do bebê e prevenir outras complicações, como paralisia cerebral.

Cordão umbilical com tromboCordão umbilical com trombo
Cordão umbilical saudávelCordão umbilical saudável

Na trombose do cordão umbilical ocorre obstrução, por um coágulo, da veia ou das artéria responsáveis por garantir o desenvolvimento adequado do feto, mantendo a gravidez saudável. A trombose da veia umbilical é mais frequente do que a trombose de uma ou das duas artérias presentes no cordão umbilical, embora esta última seja mais grave e está mais associada a morte fetal intraútero.

Sintomas da trombose do cordão umbilical

Geralmente, a trombose não causa dor e só é detectada quando a grávida não sente os movimentos fetais.

Tratamento para trombose do cordão umbilical

Caso a trombose ocorra durante a gravidez e se verifique a morte do feto, pode será necessário provocar o parto e retirar a placenta e posteriormente fazer uma curetagem, que é uma raspagem do útero.

Além disso, se a trombose do cordão ocorrer ou for detetada durante o parto, a chance de morte fetal é grande e por isso, deve-se agir rápido no sentido de retirar o bebê do útero.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...